Rafael Borges, de 30 anos, carrega a bandeira candanga em um das principais competições de ciclismo. A competição é uma versão nacional do “Tour de France”.
Em 8 dias os atletas terão que percorrer 952 km.
A exigência é alta, as 12 melhores equipes do ranking brasileiro também concorre na prova.
“Há três anos, tento participar, mas sempre tenho um problema. Acredito que todo ciclista planeja correr na prova mais importante do Brasil”, comemora o brasiliense que escolheu se preparar longe da equipe, nas estradas próximas de Brasília, como as que ligam Formosa/GO e Alexânia/GO.
Ao todo, em uma semana ele percorreu 860 km. 

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: