Estatística feita pela Polícia Civil de Goiás, afirma que os veículos mais visados em Goiânia/GO são Volkswagen – Gol, motocicleta Honda 150, Fiat Strada, Uno e Honda Titan.
Os veículos roubados na Capital são geralmente desmontado tendo suas peças vendidas no mercado negro ou servem de moeda para troca de drogas.
Em todo o Estado 3.4270 veículos foram furtados, 4.421 roubados até 31/set/2012.
“Os sujeitos que precisam de peças encomendam os carros ou motos que estejam em bom estado de conservação e esses veículos  têm suas peças transplantadas em outros comprados em leilões”, descreve o tenente-coronel.
Esquecidos
Os dois pátios mantidos pela Polícia Civil de Goiás para abrigar veículos re­cu­pe­rados estão lotados. Isso acontece porque na maioria das vezes os proprietários não são encontrados, conforme res­salta o delegado. “Os proprietários mudam de endereço, ou telefone e não informam para a Polícia Civil. Desta forma, não existe como saber onde eles estão morando, nem há condições de se fazer contato para devolver aquele veículo recuperado anteriormente”, ressalta Carneiro, que solicita aos proprietários de veículos para noticiarem às autoridades todas as vezes que mudarem alguma forma de contato. “Somente assim, quando o veículo for encontrado, poderemos entregar.”
Enquanto isso, as pinturas e latarias de carros e motos são danificadas pelo sol e pela chuva nos pátios, que são abertos. Alguns veículos que entraram novos já se encontram em avançado estado de deterioração, por causa das intempéries do tempo. “Estes (veículos), em algum momento, por autorização judicial, poderão ser leiloados, e o dinheiro revertido ao Estado”, comenta Carneiro.
Alguns proprietários de veículos que foram roubados ou furtados há muitos anos, por conta da dívida com os impostos, preferem não retirá-los dos pátios e acham mais barato pagar por um novo carro ou moto. “Para retirar daqui, basta somente comprovar que o bem é dele. Impostos não são cobrados pela Polícia Civil, mas se o proprietário sair com o carro daqui e for parado em uma blitz, pode ter o veículo encaminhado para o pátio do DETRAN por conta das dívidas de impostos, que com certeza o bandido não pagou”, ressalta.
Fonte: Diário da Manhã

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: