Um estudo inédito realizado por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) mostra que cerca de 753 kg de cocaína são consumidos anualmente no Distrito Federal. O trabalho é o primeiro realizado no país a partir de análise de urina colhida em estações de esgoto.

As amostras são retiradas por técnicos da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) em oito estações de tratamento de esgoto. São duas unidades no Plano Piloto, além de Mechior, Samambaia, Riacho Fundo, Gama, Paranoá e Planaltina.

O material é levado para o Laboratório de Química da UnB. Segundo pesquisadores da universidade, a quantidade de cocaína consumida é obtida a partir da presença de uma substância no material analisado. A benzolecgonina se forma no organismo de quem consome a droga e é eliminada na urina do usuário.

O levantamento será apresentado no final de novembro. De acordo com a pesquisa, as regiões onde mais se consome cocaína no DF são Plano Piloto, no Varjão e no Lago Norte.

A UnB tem projetos para ampliar essa pesquisa. Os cientistas estudam utilizar método semelhante para determinar a quantidade consumida de outras drogas, como a maconha e o ecstasy.

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: