Um menor de 17 anos foi apreendido pela polícia acusado de matar uma jovem grávida de 12 anos dia 15 de novembro, em Águas Lindas de Goiás. De acordo com Fernando Augusto Gama, chefe da delegacia da cidade, o jovem faz parte de uma gangue no bairro.

Segundo o delegado, o bairro foi divido em duas partes pelas gangues que lideravam o tráfico na região. Com o intuito de apossarem de um território específico, eles passaram atirando avisando que as pessoas não deveriam ficar naquele local.

O delegado relatou ainda que, em um desses avisos, um tiro atingiu a jovem e outras pessoas que estavam no local.

O menor havia sido apontado por testemunhas como autor dos disparos. Após ser apreendido ele confessou o crime. A informação só divulgada nesta quarta-feira (28) porque outros dois homens que teriam participado do crime estão foragidos e a informação poderia atrapalhar as investigações.

De acordo com o delegado, o menor já foi recolhido para o Case (Centro de Atendimento Socioeducativo) de Formosa (GO), região do Entorno do DF.

Mesmo após a morte da mãe de 12 anos, o bebê sobreviveu e está internado no Hospital Regional de Ceilândia.
Com informações da TV Record

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: