Uma lei enviada a Câmara Municipal pelo Prefeito Municipal Pedro Ivo, revoltou grande parte da população. Segundo a análise do prefeito, o valor do IPTU e ITBI estão defasados e pede uma atualização urgente.

“O projeto de lei que ora submetemos a apreciação dessa ilustre Casa de Leis trata sobre a Planta de Valores Imobiliários para o exercício do ano de 2013, que subsidiará os valores dos cálculos do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU, do Imposto Territorial Urbano – ITU, do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis Intervivos – ITBI. A propositura visa complementar o Código Tributário, corrigindo dessa forma o valor venal dos imóveis do Município de Formosa, vez que a avaliação dos mesmos está bastante defasada, posto o lapso temporal em que ocorreu a última avaliação dos mesmos. Esta medida em muito contribuirá para o crescimento urbano do Município, posto que, estará dando a correta avaliação aos imóveis existentes neste Município, como também, considerando a atualização destes valores no cadastro de contribuintes, assim, estará contribuindo com a receita corrente do Município e sua arrecadação. Sendo estas as considerações, solicitamos o apoio de Vossa Excelência e dos demais pares na aprovação do projeto” argumentou o prefeito.
Os internautas desde cedo ligaram aos vereadores, alguns com estavam com celulares desligados.

O projeto não foi aprovado por 5 votos contra e 3 votos a favor

Houve uma abstenção, o vereador Domingos Filho não compareceu devido problema de saúde.

A FAVOR
CONTRA
Rogério Martins
Com
Divino Ramos
Abigail
Henrique Vieira
Sd Caetano

Genedir Ribas

Dr. Joelson 

Vetado o projeto de lei, Formosa não terá o aumento alto de IPTU sem discussão participativa da população. Segundo um vereador que não quis ser identificado, votou contra por acreditar abusivo e sem tempo para discussão ampla na sociedade formosense.
Perguntados sobre o novo projeto de lei pelo Entorno Urgente, os habitantes rejeitaram e condenaram o projeto, falando que a carga tributária brasileira é uma das mais altas do mundo e com a atual inflação dos alimentos “trabalhariam para o Estado”.
Outros são totalmente a favor, já que o IPTU de Formosa não é atualizado há muito tempo.

Posse

O prefeito empossado esclareceu a todos os presentes, o pedido que fez aos vereadores sobre o aumento razoável do IPTU. Segundo ele, a prefeitura têm uma dívida de meio milhão somente com gastos não programados, informados a menos de 1 semana.
O aumento seria pouco, promovendo a atualização de valores. 

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: