As doações no início do ano caem e o estoque baixo pode prejudicar o fornecimento de bolsas de sangue para os hospitais. A preocupação é por causa do carnaval, quando salta o número de pacientes que se acidentam e consequentemente precisam de transfusões.

O Hemocentro de Goiás, faz um apelo para que os doadores compareçam nos postos de coleta.

Todo candidato à doação passará por uma avaliação clínica, tendo por objetivo avaliar a saúde dos doadores e com isso tornar a coleta mais segura aos doadores e a transfusão mais segura aos receptores.

Para doar sangue é necessário sentir-se bem, com saúde;- apresentar documento com foto, válido em todo território nacional;- ter entre 16 e 67 anos de idade (o menor de idade somente acompanhado do responsável legal e assinatura de um termo de consentimento);- ter peso acima de 50 kg.

Recomendações para o dia da doação: nunca vá doar sangue em jejum; faça um repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação; não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; evitar fumar por pelo menos duas horas antes da doação; evitar alimentos gordurosos nas três horas antecedentes a doação;- interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem as seguintes profissões: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar paraquedismo ou mergulho.

Quem não pode doar:- quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;- mulheres grávidas ou amamentando;- pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como Aids, hepatite, sífilis e doença de chagas;- usuários de drogas;- aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

Com informações do Hemocentro de Goiás e Diário da Manhã

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: