Formosa, uma das maiores cidades do entorno de Brasília, a 9º maior de Goiás ainda não tem investimento para uma das maiores festas do Brasil.

O carnaval é a única data importante para Formosa atrair visitantes, enquanto nenhuma gestão faz investimento maciço para criar a festa, nossos habitantes viajam para Olinda, Alvorada do Norte, Três Ranchos, Rio, entre tantos outros.

É inaceitável uma cidade do tamanho de Formosa não ter investido em carnaval. Há décadas atrás enquanto outras cidades observaram o mercado e investiram, Formosa continuou exportando turistas a cidades menores com pouca ou nenhuma estrutura.

A receita do sucesso não foi apreciada pelos ex-prefeitos, enquanto isso, nossos hotéis não estão lotados, a cidade está parada e o comércio não vê nenhum turista.

Esse ano não foi feito o carnaval, ano que vem se for fazer não haverá quase nenhum turista, ninguém viaja para uma cidade sem recomendação. Três Ranchos e Alvorada são exemplos de cidades que não são grandes mas que todo ano atrai milhares de visitantes.

O carnaval dessas cidades está presente há décadas, se não for feito um carnaval bem elaborado, com atrações de renome e divulgação maciça, o comércio formosense não contará com um reforço na época do carnaval.

Várias cidades contam com a iniciativa privada para auxiliar o poder público, criando festas com estrutura visando o lucro e arrecadação para o município. O município de Formosa não deve ficar estagnado, o mercado necessita de novidade, uma nova cidade para quebrar o ciclo rotineiro de turismo para as mesmas cidades.

Esse ano a Prefeitura pode estar fazendo o reajuste de contas, mas ano que vem não terá nenhum motivo para não investir no carnaval, um evento que movimenta cifras de milhões e faz cidades serem referência em turismo.

Escolha qual rede social e comente:

3 comments:

  1. Atrair bagunça, gente urinando por aí, barulho, pertubação do sossego, violência, bebedeiras, drogas, promiscuidade etc? não, obrigado. E o carnaval não é a única grande festa do município: temos a exposição agropecuária.

    Os milhões que o texto diz ficariam com meia dúzia de hotéis, não trazendo benefício algum aos moradores da cidade no resto do ano. Deixe estar do jeito que está. Deixe o carnaval para as cidades que já o organizam há décadas. A população agradece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo, essas cidades não só arrecadam milhões mas traz visibilidade a milhares possíveis moradores. No final do último mandato a prefeitura quebrou por falta de arrecadação.
      Em relação ao barulho, pertubação do sossego, violência, bebedeiras, drogas, promiscuidade o evento (lógico) que não seria no centro. E essas pertubações estão em todas as festas da cidade, acho então que deveria decretar estado de sítio na cidade.
      O Brasil tem uma das maiores cargas tributárias do mundo, ou seja, esses milhões que giram no Brasil inteiro na época do carnaval fica no bolso do governo.
      Enfim, é minha humilde opinião, e sinto muito discordar com Vossa Senhoria.

      Aldimar Nunes
      Chefe de Redação

      Excluir
  2. (h) Que ótima noticia não ter carnaval, milhares de reais jogados no lixo, um hospital sobrecarregados de pacientes bêbados, a policia toda mobilizada em prol de foliões irresponsáveis. Isso parabéns prefeito precisamos gastar mais em prol do povo e não em função do LUCRO de poucas empresas privadas, se querem lucrar eles que invistam no tal CARNAVAL.

    ResponderExcluir