O mestre Juliano Pirajá concedeu uma palestra na UEG Formosa (UnU) na oportunidade reconheceu a importância da greve.

Segundo o Professor, em dez anos a UEG não demonstrou qual é o papel que a Universidade assumiu.

“Nossos mandatários tratam a universidade como moeda de troca”, indagou o mestre em um vídeo divulgado no Youtube pelo estudante João Paulo.

O mestre argumentou que a universidade está abandonada e tristemente tem sido usada como ferramenta para as mais diversas falcatruas e desmandos.

Relatando a realidade vivenciada dentro na UEG, destacou os pontos mais polêmicos que levaram a greve que deflagrou no dia 07 de maio.

Na palestra Pirajá também deu uma lição sobre greve e movimentos sociais.

O vídeo com duração de 1 hora e 04 minutos recebeu o apoio de todos os alunos que estão em greve e elucidou a sociedade o que a UEG reivindica.

“Gostaria de deixar aqui registrado a minha felicidade porque eu gosto de ver respeito por conta de nós termos fechado essa UEG Formosa, porque enquanto a maioria diz que é um movimento desorganizado, uma greve desorganizada eu queria que explicasse o que é uma greve organizada. Onde entra a organização dentro de um movimento de protesto, mais organizados que nós estamos não tem, porque a UEG Formosa está parada” destacou uma professora da UEG.

A palestra terminou com muitas palmas e o reconhecimento dos alunos à greve.

Veja abaixo o vídeo divulgado na internet:

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: