O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgou ontem (29) os dados do Atlas Brasil 2013, que apresenta o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 5.565 municípios. O índice considera que apenas o crescimento econômico não é suficiente para medir o desenvolvimento de uma cidade: o IDHM é constituído da avaliação de critérios relacionados à saúde, educação e renda.

Formosa, a “capital do nordeste goiano” apresenta alto Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), segundo dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) nesta segunda-feira (29). Formosa ocupa a 667ª posição no ranking e está à frente da capital amazonense Manaus que ocupa o 850º lugar no ranking nacional.

O IDHM é um índice composto por três indicadores de desenvolvimento humano: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). O índice atual de Formosa é 0,744, em uma escala de 0 a 1, no qual quanto mais próximo de 1, melhor.

Dados por ano

1991
Longevidade: 0,647
Educação: 0,766
Renda: 0,682
IDH-M: 0,698

2000
Longevidade: 0,730 (+0,083)
Educação: 0,840 (+0,074)
Renda: 0,681 (+0,001)
IDH-M: 0,75

2010
Longevidade: 0,852 (+0,122)
Educação: 0,666 (- 0.174)
Renda: 0,726 (+0.045)
IDH-M: 0,744

Comparação com municípios vizinhos

Cidade
IDH-M
Índice
Variação com Formosa
Formosa
0,744
(Alto)
 -0.000
Planaltina
0,669
(Médio)
-0.075

Cabeceiras
0,668

(Médio)
-0.076
Água Fria:

0,671
(Médio)
-0.073
São João D’aliança: (-
0,685
(Médio)
-0.059

Flores de Goiás:

0,597
(Baixo)
-0.147
Vila Boa:

0,647
(Médio)
-0.097
Cabeceira Grande:
0,648

(Médio)
-0.096
Buritis:
0,672
(Médio)
-0.072

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: