O Tribunal Eleitoral de Goiás cassou na noite de ontem (15) o prefeito Zé Neto (PSC) de Planaltina (GO).

Segundo o Ministério Público (MP-GO), o prefeito é acusado por abuso de poder econômico ao coagir os funcionários públicos a trabalharem para a sua reeleição durante o período eleitoral.

Durante o período eleitoral, Zé Neto baixou um decreto diminuindo a carga de trabalho dos funcionários públicos para seis horas durante a campanha. De acordo com o prefeito cassado, com a diminuição do horário de trabalho, os funcionários poderiam participar da campanha eleitoral de qualquer candidato.

Zé Neto afirmou que irá recorrer. “Ganhamos na primeira instância e o MP (Ministério Público) recorreu. Agora veio essa decisão. Vamos recorrer ao TSE”, revelou o prefeito cassado.

(Foto: Prefeitura de Planaltina-GO)

Escolha qual rede social e comente:

2 comments:

  1. Mônica Adriana da Silva23 de jul de 2013 17:23:00

    Cara não sei qual é pior dos candidatos...o que estava ou os que estão para assumir...temos que confiar mesmo é em Deus para guiar as ações dos mesmos e tocarem seus corações para que façam algo pelo povo de Planaltina de Goiás que estão cansados de serem maltratados e abandonados pelos politicos ao qual eles confiam o PODER...

    ResponderExcluir
  2. É isso aí Mônica falou tudo o povo perece por falta de conhecimento e esse conhecimento é a palavra de Deus niguém quer saber de Deus assim como Nicodemos se escondem atrás de religião e tradições deixando de lado o melhor que é uma relação íntima e sincera com Senhor que um dia vai requerer a prestação de contas de todos nós .

    ResponderExcluir