Na noite desta quarta (04), cerca de 80 funcionários públicos municipais e SINPREFOR se encaminharam para a Câmara para pedir o direito a voz. Um dia antes, como exige o regimento interno, um servidor se inscreveu na Tribuna Livre para poder falar em sessão sobre a greve e pedir o apoio aos vereadores para que auxiliassem no estabelecimento de um diálogo pertinente para que o direito do trabalhador fosse concedido.

Para a surpresa de todos, primeiro que o pedido foi recusado e, posteriormente, no início da sessão, os vereadores SD Caetano e Domingos Filho pediram para que fosse incluso o servidor para a Tribuna. A alegação do presidente Cabo Mota (PSD) foi de que, como havia tido um problema em outra ocasião a tribuna estava suspensa.

A formosense Aline Cristina declarou “E fica a dica para as próximas eleições, está na hora do povo formosense repensar suas escolhas, esse "time" do legislativo municipal que foi escolhido infelizmente não representa o povo, pois estão atrelados à poderosos e influentes, que não somos nós, na verdade, são almas medíocres em busca de status e poder político. Enchem a boca para falar "sou vereador", mas na verdade, a maioria nem sabe o que isso significa, pensam que a função deles é puxar-saco e ver seus pedidos de favores atendidos pelo administrativo. Vergonhoso! Desde já precisamos fazer uma campanha para a NÃO REELEIÇÃO desses senhores que aí estão... Ou trabalhem pelo POVO ou CAIAM FORA!!!” disse.

Segundo o SINPREFOR, os servidores se retiraram da Câmara indignados afirmando que a Câmara não era mais a Casa do Povo, que ela não os representa e que fechou a porta na cara dos mesmos quando foram recorrer auxílio da mesma. "Na entrada da Câmara, os funcionários ainda flagraram a chegada de três viaturas e outras passando na porta da Casa de Leis. O grupo na porta não passava de 20 pessoas. Como diz o velho ditado: Quem não deve não teme”, postou em sua página na internet.

Posteriormente, no Tema Livre, os vereadores Jurandir, Jeremias, Wenner, Gustavo Marques, Miquita e Mundim, reafirmaram estar do lado do servidor.

Cabo Mota (PSD) foi eleito por 678 votos.

Confira quem são os parlamentares da Câmara Municipal de Formosa

 Nome civil
 Nome parlamentar
 Partido
 Ativo?
Antônio Faleiro Filho
Antônio Faleiro Filho
PSDB
SIM
Dijair de Sousa Geracy
Dijair de Sousa Geracy (Miquita)
PP
SIM
Divino Ramos da Silva
Divino Ramos da Silva
PTB
SIM
Domingos Sena Lopes Filho
Domingos Sena Lopes Filho
PMDB
SIM
Edmundo Nunes Dourado
Edmundo Nunes Dourado (Mundim)
PP
SIM
Emílio Torres de Almeida
Emílio Torres de Almeida (Emílio do Raio X)
PT
SIM
Gustavo Marques de Oliveira
Gustavo Marques de Oliveira
PSB
SIM
Iron Pereira da Mota
Iron Pereira da Mota (Cabo Mota)
PSD
SIM
Jeremias Gomes de Castro
Jeremias Gomes de Castro
PCdoB
SIM
Jesulindo Gomes de Castro
Jesulindo Gomes de Castro (Castro)
PSD
SIM
Jorge Gomes da Mota
Jorge Gomes da Mota (Prof. Jorge)
PSL
SIM
José Aparecido de Sousa Leite
José Aparecido de Sousa Leite (Zequinha Leiloeiro)
PP
SIM
Jurandir Humberto Alves de Oliveira
Jurandir Humberto Alves de Oliveira
PR
SIM
Miguel Rubens dos Santos Oliveira
Miguel Rubens dos Santos Oliveira (Macarrão)
PP
SIM
Natanael Caetano do Nascimento
Natanael Caetano do Nascimento (Sd. Caetano)
PDT
SIM
Nélio Marques de Almeida
Nélio Marques de Almeida
PSD
SIM
Wenner Patrick de Sousa
Wenner Patrick de Sousa
PT
SIM

Com informações do SINPREFOR

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: