A Bye Bye é uma festa que cresceu ao passar do tempo, sempre prestigiada pelos mais diversos tipos de tribos e idades, faz a junção do retrô com o moderno com marketing bem elaborado que movimenta todo o município Formosa, com pessoas de Goiânia, Brasília, Unaí e cidades limítrofes.

A festa é organizada pela promoter Dayse Lacerda, que fez diversas festas de peso na história do município.

Bye Bye 2013–  Premium Edition – traz consigo requinte, sofisticação e um convite para os amantes da boa música viajarem numa megaestrutura e com decoração única.

...::: No palco principal :::...
Esse ano a atração principal é o DJ Hopper. Eleito um dos 100 melhores DJs do Brasil pela revista especializada HouseMag, Hopper é atualmente o principal artista de deep tech house de Brasília. Residente do renomado projeto 5uinto, ele é um dos nomes mais respeitados da cena eletrônica do país. Seus sets animados e cheios de conceito musical já o fizeram se apresentar em grandes festivais como Skol Beats, Brasília Music Festival e Universo Paralello; além de super clubs como Warung (SC), D-Edge (SP), Lov.e
(SP) e Garage (MS), listados sempre entre os melhores do Brasil e do mundo. 

*Rodrigo Hortz (Etnies Djs)
*Walmir Kamonk (Hot Mix)
*Caio César (Som&Luz)
*Charles Isaac (Som&Luz).

...:::O Espaço:::..
O Espaço Arena será projetado com todo conforto com uma Super Tenda Bolha (Fernando Gama) com segurança e conforto.

Confira a entrevista exclusiva com a promoter do evento, Dayse Lacerda:


Como você começou a trabalhar como promotora de eventos profissional? Quais foram os primeiros passos?
Dayse: Como todo promotor de eventos, não foi fácil, pois encontrava-me num período de transição onde me dedicava aos estudos e outras ações aleatórias que dependiam de muito esmero, mas como percebi que os eventos eram minha grande paixão, comecei a me dedicar bastante, e ter a percepção sobre as tendências de mercado, que desde de o início sempre estiveram em constante evolução.

Na edição anterior a Bye Bye – Black and White – ficou comprovado a excelência na decoração e a presença maciça do público formosense e regional. A festa alvo de muitos elogios. Sabemos que em cada edição a Bye Bye se reinventa. Quais são as inovações deste ano?
Dayse: Ao criar a concepção da Bye Bye Black And White Edition já nos deparamos com uma receita de sucesso entre a mistura de fortes tendências fashionistas dos looks preto e branco, além de poder expressar isso no quesito publicitário: Material gráfico, camisetas e outros meios de comunicação que todos os anos tem a assinatura da Twobox Agência (Rodrigo Pinheiro). A aceitação pública foi muito forte, e a procura começou a partir no momento em que colocamos os ingressos à venda. Todo público presente na Maison Festas, pode comprovar um espetáculo de estrutura, som e iluminação (Som e Luz - Tarcísio), apostamos nos Djs já residentes na Bye Bye em várias edições (Walmir Kamonk, Rodrigo Hortz, Caio César e Charles Isaac). Abrimos a pista com um cenário maravilhoso, além da atração da noite que fez uma mesclagem de sons e ritmos.

A edição deste ano contará com uma atração nacional. O DJ Hopper foi eleito um dos 100 melhores DJs do Brasil pela revista especializada HouseMag, ele também é considerado o principal artista de deep tech house de Brasília. Seus sets animados e cheios de conceito musical já o fizeram se apresentar em grandes festivais como Skol Beats, Brasília Music Festival e Universo Paralello. O que te levou a trazer para Formosa um artista tão renomado?
Dayse: O Hopper já tem um espaço consolidado no Jet Set Brasiliense, além de ter se apresentado em vários eventos ao redor do globo e dividir pick-ups com os maiores nomes do mundo do cenário underground, o Hopper foi uma escolha certa pois o estilo Minimal, Deep, e Tech tem se difundido muito no cenário formosense por influência dos djs daqui, e, por levar um público bonito para as festas em Brasília. Nossa variação de estilo foi uma aposta acertada, pois quem for na Bye esse ano vai encontrar uma grande diversidade de estilos musicais, desde o Warm Up do Rodrigo Hortz, um set com uma pegada mais high tech do Hopper, as influências da House Music Mainstream do Walmir Kamonk, as belíssimas mixagens do Caio César e o charme do som do Charles Isaac.

A Bye Bye vem com um lineup pesadíssimo este ano, cheio de nomes populares. Quais DJs não tão populares assim, você acha que pode surpreender o público formosense?
Dayse: A Bye Bye é sempre uma surpresa. Todos os anos tenho recebidos vários elogios das atrações que escolho, os Djs da Equipe Som & Luz tem um charme bem especial por terem talento e feeling de pista. Normalmente os sets tanto do Walmir Kamonk, quanto do Rodrigo Hortz são sensacionais, bem elaborados, bem evolutivos, e percebo que a festa vai ganhando cara a cada momento. Por isso costumo cativar os residentes, pois eles entendem a mensagem que a Bye Bye quer passar. Não busco atrações por serem populares e sim por saberem que todos eles entendem do verdadeiro espírito da Bye Bye, que é sempre apresentar diferencial, além de transitarem por todos os estilos musicais.
Todos eles montam seus sets um ou dois meses antes do evento, para garantir que as apresentações saiam perfeitas. Ambos também são grandes anfitriões e tem a missão de recepcionar bem nossa grande atração que é o Hopper, deixando a pista com um som crescente do início até o final.

Revele um pouco do que irá se encontrar na “Bye Bye – Premium Edition”
Dayse: Descontração, gente bonita, um super bar bem elaborado e organizado, boa música. A cidade toda vai se encontrar lá, a Bye Bye tem a tradição de unir pessoas, um marco histórico, pouquíssimas festas do Centro-Oeste tem tanta história quanto a Bye Bye, e cada ano, parece ser sua primeira edição devido a nossas modificações incansáveis.

Quais são os critérios que você leva em consideração na hora de montar uma das festas mais tradicionais de Formosa, como é o caso da Bye Bye? O que você espera desse evento?
Dayse: Segurança, conforto, som de qualidade, iluminação impecável, decoração de primeira grandeza, atrações que sabem a responsabilidade de se apresentarem no evento. Espero a casa cheia de gente feliz, participando, dando apoio, e podendo ceder um alicerce de críticas construtivas que dão força e incentivam que o evento seja realizado em anos posteriores.

Qual o motivo do sucesso das suas festas?
Dayse: Paixão e dedicação de minha parte e das pessoas que me apoia, estar ladeado de parceiros que acreditam nesse poder de atração que a Bye Bye exerce sobre as pessoas. Desde a Som & Luz (Tarcísio) no qual todos os anos nos presenteia com uma belíssima estrutura de encher os olhos, a Twobox Agência (Rodrigo) que tem trabalhado com muito carinho e dedicação em meus projetos gráficos e no merchandising, todos djs, patrocinadores, pontos de vendas, apoiadores, as pessoas que me ajudam nas redes sociais de forma direta e indireta, A imprensa de modo geral, ao Entorno Urgente(Aldimar) que vem apresentando um belíssimo trabalho bem elaborado e estruturado, ao site No Frevo (Gustavo), aos demais Promotores de Eventos no qual guardo com carinho cada um que me auxilia na realização desse sonho anual, que é ver a Bye Bye cheia e ter a ideia de um dever cumprido.

O que mais lhe deixa feliz, realizada a cada festa que promove?
Dayse: Ver todos os anos a casa cheia, muita gente feliz e diversos comentários positivos. Não tem preço!
Vejo que as mudanças são muito cotidianas, desde o comportamento noturno da cidade, o crescimento populacional, a facilidade de trânsito às festas na capital federal, tudo isso transforma o público formosense num povo mais exigente em matéria de som, estrutura e atrações. Me preocupo muito se tudo vai sair perfeito, sempre produzi meus eventos pautados no respeito ao ser humano e na idoneidade. Passei por um época onde evento não era tão bem visto. Graças a Deus tenho muita receptividade onde chego, normalmente quando vou lançar a festa já busquei diversos apoiadores e consigo agregar ainda muitos outros e amortizar alguns custos operacionais, os investimentos em estrutura física são caríssimos e vejo que o retorno e a parceria com os apoiadores é vital para o andamento do evento anual. Hoje me dedico a um único evento durante o ano, até por que essa não é diretamente minha área de atuação e fica muito complicado conciliar evento e trabalho, me sinto realizada com a Bye Bye, pela criação, concepção e a longevidade. Quando termino um ano, no outro dia já começo a pensar na próxima edição.

Quais são suas considerações finais?
Dayse: A Bye Bye muda, o espaço ficará belíssimo (calçamento plano e concretado), a estrutura de primeiríssima, super seguro. Quem for encontrará um evento nunca antes visto na história das Bye Bye. O preço está acessível pela relação custo benefício. Espero todo mundo na Bye Bye, e convido todos a desfrutarem deste evento que completará 18 anos de sucesso! Traga felicidade para o evento, deixe em casa todos os sentimentos que não são condizentes com seus desejos para o próximo ano. Espero todos lá!

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: