Reafirmar parcerias também faz parte da estratégia definida pela Adffor para fazer uma Formosa Acessível. 

Nesta quarta-feira (19), na sede da Associação, estiveram João Paulo Botelho do Valle, administrador da Viação Cidade Formosa, parceira de longa data da Associação, e Daniel Nunes, chefe de transporte da empresa. 


Pela Adffor estiveram presentes Dino Prado, Elza Ricardo, Jonas Guedes (Netinho), Lúcia Resende, Osman Fernandes e Maria dos Prazeres. 

De início, a Adffor falou sobre o programa Formosa Acessível, de pronto apoiado pela empresa, e colocou os problemas que as pessoas com deficiência vêm encontrando com relação ao transporte urbano em Formosa (atraso na concessão das carteiras de passe livre, falta de ônibus acessíveis, idosos com deficiência sem ter reconhecida essa condição).

Em seguida, João Paulo respondeu aos questionamentos e explicou, com relação às carteiras, que os maiores problemas acontecem por causa da dificuldade em ler e compreender os laudos médicos e em definir, em alguns casos, se a doença mencionada caracteriza uma deficiência. De ambas as partes, houve a compreensão de que a questão é de fato complexa e de que é preciso definir critérios, para que as questões se resolvam.

A Associação se comprometeu a reunir-se com a Secretaria Municipal de Saúde, para solicitar maior clareza na emissão dos laudos, e a conversar com médicos especialistas que ajudem a esclarecer as dúvidas existentes e a elaborar um documento que possa orientar a emissão das carteiras.

Quanto aos ônibus, o administrador anunciou a compra de três carros com elevadores, que estarão rodando pela cidade até no máximo setembro de 2014, mas pediu empenho da Associação junto ao poder público no sentido de que sejam melhoradas as vias de acesso.

Por fim, a Adffor ressaltou o compromisso social da empresa, observada ao longo da relação entre ambas, e pediu a colocação de um ônibus para transporte das pessoas com deficiência nos dias de reunião, que acontecem no segundo domingo de cada mês, das 14 às 16 horas. De imediato, a solicitação foi atendida, ficando o chefe de transporte autorizado a executar a ação. O ônibus circulará com uma tarja: EXCLUSIVO ADFFOR. A rota e os horários serão definidos entre as partes.

A Adffor segue convicta de que: Juntos, estamos fazendo uma Formosa Acessível.

Foto: Elza Ricardo

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: