O Exército Brasileiro recebeu na manhã dessa sexta-feira (6), nove viaturas ASTROS versão MK-6 do Projeto Estratégico do Exército Astros 2020. As viaturas foram entregues ao 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes, sediado no Campo de Instrução de Formosa (GO)
Viaturas que compõe o Astros 2020 (Foto: Reprodução/Arquivo) 
O Exército Brasileiro recebeu na manhã dessa sexta-feira (6), nove viaturas ASTROS versão MK-6 do Projeto Estratégico do Exército Astros 2020. As viaturas foram entregues ao 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes, sediado no Campo de Instrução de Formosa (GO). Esse primeiro lote consiste em uma Bateria de Mísseis e Foguetes Astros MK-6 que vai proporcionar nova capacidade de apoio de fogo às forças terrestres, haja vista sua precisão e alcance de 300 km.

Compõe o lote que foi entregue consiste em 6 Viatura Lançadora Múltipla Universal (AV-LMU), 1 Viatura Remuniciadora (AV-RMD), 1 Viatura Posto de Comando e Controle (AV-PCC) e 1 Viatura Posto Meteorológico (AV-MET).

O evento contou com a presença do ministro da Defesa, Celso Amorim, e do general Enzo Martins Peri, Comandante do Exército Brasileiro, além de outras autoridades civis e militares.

No dia 3 de dezembro aconteceu em Formosa a inauguração do Forte de Santa Bárbara. Ressalte-se que o Campo de Instrução de Formosa (CIF), com sua superfície de quase 1200 km2, é a maior e melhor área para exercícios de tiro de artilharia e foguetes que o Exército Brasileiro possui. Inclusive foi aquartelada lá, para possibilitar a realização de seu treinamento de tiro, a mais poderosa unidade de artilharia de foguetes do Exército e da América do Sul, o 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes (GLMF), equipada com o Sistema ASTROS II, fabricado pela empresa brasileira Avibras.

O Programa Astros 2020 está orçado em R$ 1,2 bilhão e envolve a ampliação, reestruturação e reorganização de todo o sistema Astros existente no Exército Brasileiro. Dessa forma, o atual grupo será expandido para uma grande unidade denominada “Forte Santa Bárbara”, que também abrigará um Centro de Formação em Mísseis e Foguetes, novos depósitos, paióis e outras inúmeras facilidades administrativas. Os Astros mais antigos existentes, e seus veículos de apoio e comando, operados pela unidade, serão retrofitados e atualizados para o padrão 2020, conforme previsto em contrato.

O Projeto ASTROS 2020 contém no seu escopo e estrutura as seguintes etapas: – criação e implantação de: uma Unidade de Mísseis e Foguetes; um Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes; um Centro de Logística de Mísseis e Foguetes; uma Bateria de Busca de Alvos; paióis de munições; e uma Base de Administração e Campo de Instrução de Formosa (CIF); – modernização do atual 6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes, transformando-o em 6º Grupo de Mísseis e Foguetes; – desenvolvimento de dois novos armamentos: o foguete guiado, utilizando-se a concepção do atual foguete SS 40, da família de foguetes do sistema ASTROS II, em uso pelo Exército Brasileiro, e o míssil tático de cruzeiro com alcance de 300 km; e – construção de Próprios Nacionais Residenciais (PNR) e outras instalações necessárias ao bem-estar da família militar na Guarnição de Formosa (GO).

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: