Nesta terça-feira (02), o Conselho Administrativo da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (COARIDE) se reuniu em Formosa

Nesta terça-feira (02), o Conselho Administrativo da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (COARIDE) se reuniu em Formosa. Essa foi a 21ª reunião realizada pelos Conselheiros.

A pauta da reunião abordou vários temas estratégicos para a região. No início foram discutidos o Desenvolvimento Regional com o debate para discutir a participação dos municípios da RIDE na questão dos impostos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, como também a forma de promoção de melhorias na prestação de serviços públicos. Também foi proposto no sentido de autorizar a Sudeco a, com respaldo do Conselho, encaminhar os estudos e realizar as articulações necessárias junto aos órgãos competentes. Outro assunto discutido foi a proposição de objetivos e metas para a RIDE no próximo Plano Plurianual (PPA 2016-2019). Durante a reunião foram debatidos assuntos de ordem geral para aperfeiçoar o diálogo na região. Assuntos polêmicos como a BR-040 foram debatidos durante o evento.

O prefeito Itamar Barreto deu as boas-vindas a todos os conselheiros e demonstrou a importância do Conselho. “Quero aproveitar a oportunidade e o poder de articulação que o tem o Conselho para colocar dois pontos para reflexão”, diz. Itamar solicitou mais integração entre os municípios e questionou que o GDF não está não está atendendo o Entorno nas urgências médicas. “Principalmente para Formosa e Nordeste Goiano atravessar Brasília para chegar a Goiânia muitas vezes não consegue salvar a vida”, revela.

O presidente da Sudeco, Cléber Avila fez o compromisso de levar o pedido do prefeito de Formosa adiante. “As reivindicações que o senhor colocou em sua fala vão repercutir de maneira mais forte. Quero agradecer sua acolhida, fazer o compromisso de notificar os órgãos competentes e acompanhar esse pleito do município de Formosa”, diz em sua fala.





Escolha qual rede social e comente:

0 comments: