O Sinprefor, realizou uma assembleia na manhã desta terça-feira (20) com os funcionários municipais para discutir sobre o corte de salários, tabela salarial, buscando unir a classe para uma possível greve

O Sindicato dos Funcionários Públicos Municipal de Formosa – Sinprefor, realizou uma assembleia na manhã desta terça-feira (20) com os funcionários municipais para discutir sobre o corte de salários,  tabela salarial, unindo a classe para solucionar os problemas. Caso não sejam resolvidos, iniciar uma greve.

“Está na hora de unir. A hora da união é agora”, disse Darcy vice-presidente da entidade. Alguns vereadores estiveram presentes no evento e garantiram apoio. Na assembleia ficou definido que dessa vez a greve só se encerra com todos os pontos de pauta atendidos. “Este movimento não vai se resumir em 2 ou 3 dias. Estou pronto para bater o recorde anterior que foi de 10 dias”, diz Alex presidente do Sinprefor.

Os servidores votaram e aprovaram o indicativo de greve na assembleia que deve ocorrer no dia 2 de fevereiro às 8h. No encerramento o presidente do Sindicato garantiu que a greve só termina quando todos os pontos forem atendidos.

Em entrevista ao site Entorno Urgente Alex, presidente do Sinprefor admitiu que a presença foi maior que a expectativa. “O movimento foi muito bom. Foram 400 pessoas, acima da expectativa. Temos como pauta a tabela salarial, pagamento do piso dos professores e os direitos garantidos em estatuto que não foram pagos. O próximo movimento é dia 2 de fevereiro espero que todos participem. O que delibera é aquilo que a categoria quer e se não for atendido isso provavelmente terá greve em fevereiro. ”, ressalta.



Escolha qual rede social e comente:

0 comments: