Na manhã deste sábado, a população de Formosa foi às ruas clamar pela paz. Vizinhos, amigos, familiares, autoridades e pessoas sensibilizadas pela tragédia gritaram por justiça.

Na manhã deste sábado, a população de Formosa foi às ruas clamar pela paz. Vizinhos, amigos, familiares, autoridades e pessoas sensibilizadas pela tragédia gritaram por justiça.

A Caminhada pela Paz – In memoriam de Echiley Vitória, passou pelas principais vias da cidade de Formosa. Por onde andava se via aplausos da população que se comoveu pelo caso.

Saindo do local da tragédia, na Avenida Senador Coimbra Bueno, a caminhada se encerrou na Praça Rui Barbosa, centro cívico do município com um minuto de silêncio em homenagem à Echiley. Durante o trajeto os organizadores convidaram a população para juntar ao movimento.

O intuito da caminhada foi pedir paz no município, justiça para o caso e agradecer a todos que responderam em tempo hábil.

A realização da caminhada é da Associação Amparo, instituição criada para ajudar à família da Echiley e de outras que precisarem.

Em nota, os organizadores explicam o movimento. “[Esta é] uma Caminhada, que vem de encontro ao anseio de uma população que sofre barbáries de um contexto tão triste e cruel. O intuito também, foi de agradecimento aos envolvidos em fazer justiça em tempo hábil. A Polícia, seja ela militar ou civil, pode contar com o apoio desta mesma sociedade que cobra os seus direitos(...) Estamos juntos pela Echiley Vitória e sua família. Estamos juntos pela paz, amor e justiça. Gratidão a todos. ”

O ato também homenageou o seu irmão, Cauan, que está hospitalizado.

Caso Echiley
A morte de Echiley, de apenas 8 anos, e os ferimentos de seu irmão após serem baleados na tarde de terça-feira, 27 de outubro, quando iam para a escola, comoveu a população de Formosa. Segundo a Polícia Civil, as crianças foram atingidas nas costas durante o tiroteio entre dois motoristas.

Galeria

Confira as fotos









Escolha qual rede social e comente:

0 comments: