No terceiro dia de greve, os trabalhadores se reuniram na Praça da Prefeitura para realizar o levantamento dos trabalhos desenvolvidos.

No terceiro dia de greve, os trabalhadores se reuniram na Praça da Prefeitura para realizar o levantamento dos trabalhos desenvolvidos pelo Comando da Greve que vai continuar a visitar vários postos de trabalho em conjunto com dirigentes sindicais.

Na tarde de hoje, os trabalhadores de Formosa contaram com a presença de líderes sindicais de várias outras entidades para engrossar e ampliar a negociação com a Prefeitura. Entre eles, a professora Nilza (SINPRO/DF), Ediram (SAAE/DF), Rodrigo Brito (CUT/DF), Olízia (Municipais de Valparaíso), Santiago (Vigilantes do Entorno) e Roberto (CUT/Nacional).

Após a Assembleia, os funcionários ocuparam a Prefeitura em busca do prefeito que acabou não sendo encontrado - segundo sua assessoria, o chefe do Executivo estava tratando da saúde. Com isto, vários gritos de manifesto foram cantados nos corredores da Prefeitura.

Diante da movimentação, o secretário Marcelo Magalhães, convidou os dirigentes sindicais e o Comando da Greve para mais uma rodada de conversações e voltou a ratificar que estará disponibilizando material financeiro da Prefeitura bem como se comprometeu a apresentar uma proposta de pagamento na próxima segunda.

Nesta sexta, dia 22, às 9h00, será realizada uma caminhada com panfletagem para a população sobre a real situação dos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal.

Em nota o sindicato destaca “Só temos a agradecer a cada um pela participação no movimento. Aos poucos o Comando da Greve tem feito sua parte na conscientização dos colegas e os próprios funcionários tem reconhecido a importância de estar na luta deixando claro para a população e alguns críticos que há sim uma grande união e comprometimento de todos que estão no movimento. Hoje recebemos o apoio de várias outras unidades que deixaram seu compromisso de estarem sempre auxiliando. Nós acreditamos nesta luta”, disse um dos integrantes da direção do sindicato.

Fonte: Sinprefor
Fotos: Aldimar Nunes/Entorno Urgente





Escolha qual rede social e comente:

0 comments: