Os servidores municipais que ocuparam a Prefeitura de Formosa na manhã desta segunda-feira (22), continuam no local, só que desta vez na Praça.

Os servidores municipais que ocuparam a Prefeitura de Formosa na manhã desta segunda-feira (22), continuam no local, só que desta vez na Praça.

Uma liminar conquistada pela Prefeitura garantindo a reintegração de posse do Centro Administrativo foi cumprida na madrugada desta terça-feira (23).

O funcionalismo ocupou o prédio na manhã buscando diálogo com o prefeito. Segundo eles só sairiam quando o chefe do executivo local apresentasse uma proposta ou obedecendo uma reintegração de posse.

Durante a noite o Sinprefor, sindicato que representa à classe municipalista, e servidores continuaram de forma ordeira e pacífica ocupando o Centro Administrativo. Cerca de dezenas de trabalhadores permaneceram no local.

Após quinze horas de ocupação, a Prefeitura conseguiu a reintegração de posse. Os trabalhadores tiveram o prazo de uma hora para retirar os materiais. Com o grito “A Prefeitura é do povo, voltaremos aqui de novo” o funcionalismo saiu do prédio. Durante a desocupação o sindicato solicitou um oficial de Justiça para comprovar que não houve depredação do espaço.

Muitos servidores continuaram na Praça na manhã desta terça-feira.

Os trabalhadores marcaram outro ato nesta tarde, às 13h, na Praça Rui Barbosa.

A Prefeitura alega não possuir recursos para o pagamento dos reajustes. Vereadores e Prefeitura deverão se reunir em breve para apresentar uma proposta palpável para os servidores. O tesouro municipal  passa por uma crise. Formosa faz parte do G-100, grupo dos 100 municípios com mais fragilidade socioeconômica.

Em nota, a Prefeitura declara “Os pais formosenses solicitam que os profissionais em greve retomem suas atividades, mantendo o diálogo com a Prefeitura Municipal para encontrar uma saída para suas demandas. As famílias de nossa cidade não podem mais serem penalizadas.”



Escolha qual rede social e comente:

0 comments: