Vertinho Oliveira, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e secretário municipal de Finanças ocupou a Tribuna da Câmara de Formosa, na sessão ordinária desta terça-feira (3), para apresentar o segundo Conselho Tutelar, que vai atuar na região norte do município.

Vertinho Oliveira, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e secretário municipal de Finanças ocupou a Tribuna da Câmara de Formosa, na sessão ordinária desta terça-feira (3), para apresentar o segundo Conselho Tutelar, que vai atuar na região norte do município.

Iniciando seu discurso, o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente prometeu equipar melhor os Conselhos Tutelares “Entendo que temos muito a fazer ainda como equipar os dois conselhos municipais para fazer um atendimento de ponta usando recursos de informática, veículos e treinamento. Faremos todos os esforços para que isto ocorra, servindo mais uma vez de exemplo para a região”, destaca. O titular da pasta de Finanças da Prefeitura de Formosa também agradeceu os conselheiros “Aos conselheiros municipal e tutelares que estão presentes aqui, meu muito obrigado por cuidar de nossas crianças e adolescentes”, pontua.

Os vereadores elogiaram a atitude do chefe do executivo municipal em criar o segundo conselho. A criação do segundo Conselho Tutelar visa freiar os casos de abusos contra crianças e adolescentes no município de Formosa.

Mais cedo foi realizada a solenidade de posse dos novos conselheiros tutelares, do Conselho Norte do município, no gabinete do prefeito.

O município de Formosa agora possui dois Conselhos Tutelares. Os cinco novos conselheiros ficarão responsáveis por atuar na região Norte do município, com sede no Parque Lago. A estrutura já está montada.

O prefeito Itamar Barreto empossou os novos conselheiros e falou do seu legado “Nós estamos fazendo muitas obras principalmente na área de educação são quatro escolas, três creches; na área de saúde, nossa rede é a melhor do Estado; estamos investindo em asfalto e recapeamento, começam as obras agora. Queremos deixar o novo conselho tutelar que tem uma missão muito importante. Formosa tem bastante crianças vulneráveis e que estão sendo abusadas, crianças que precisam da proteção do Estado. Nós queremos cobrir com mais eficiência a cidade e proporcionando mais proteção à criança. A área rural cresceu muito. Só de crianças temos mais de 2 mil estudantes. Na área rural já chegaram o abuso à criança, droga, criminalidade e nós precisamos da ação do Conselho Tutelar”, destaca. “Outro legado que queremos deixar é a regularização fundiária que está em pleno andamento, a revisão do Plano Diretor, a municipalização da licença ambiental e o cadastro multifinalitário. São legados que a população não vê, mas são muito importantes para o município”, finalizou.

Galeria

Confira a galeria



Escolha qual rede social e comente:

0 comments: