O Natal é, ou pelo menos deveria ser, comemoração do nascimento de Jesus Cristo de Nazaré, uma comemoração simples, no entanto profunda, que deveria ser diária, pois ele vive dentro de nós
O Natal é, ou pelo menos deveria ser, comemoração do nascimento de Jesus Cristo de Nazaré, uma comemoração simples, no entanto profunda, que deveria ser diária, pois ele vive dentro de nós, nascendo e renascendo a cada manhã, sintonizando-se com o Lar a cada anoitecer, realizando-se em nossas orações, pensamentos e ações voltados para a natureza, as aves, os animais e para os nossos semelhantes, afinal ele mesmo nos disse que somos feitos à imagem e semelhança do Pai, tendo o seu reflexo no espelho da nossa alma, mas, infelizmente, entramos nos ritmos e ritos humanos e mundanos das comercializações, dos presentes, vinhos, panetones e perus, das árvores, papais noéis e renas, da artificialidade e superficialidade que cerca e envolve constantemente os seres humanos, daí essa crise mundial socioambiental que contemplamos, especialmente do nosso vergonhoso Brasil, despojado de princípios e valores, de moral, ética, respeito e cidadania.

Saudemos o verdadeiro Cristo, não esse natal desconcertante e desvirtuado, que busca ser politicamente correto em nossos cumprimentos e saudações, que infantilmente criamos.

Marcos Garzon
Escritor, empresário, advogado, publicitário, especialista em marketing de transformação, escritor com mais de 100 livros publicados e distribuído sobre o tema responsabilidade socioambiental. Curta e fique por dentro sobre a defesa do meio ambiente:
https://www.facebook.com/Marcos-Garzon-515090675191698/
https://www.youtube.com/watch?v=Td4jbjmnIQk
http://www.marcosgarzon.eco.br

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: