Assembleia de discussão para adesão na Greve Geral
 A Universidade de Goiás, uma das maiores do centro-oeste encontra-se em greve a partir de hoje. Segundo o movimento de greve, as estruturas da maioria das 42 unidades espalhadas pelo estado estão ruindo ou são insuficientes ou simplesmente inexistem. Além disso, nenhuma delas conta com nenhum restaurante universitário ou casa de estudante. A situação dos professores e funcionários continua precária: a defasagem salarial e a falta de concursos põem em risco a continuidade das aulas em vários cursos, inviabilizando mais ainda a pesquisa e a extensão.

Os alunos enfatizam que o atual governador, Marconi Perillo, destina recursos para a construção e manutenção de novos campi da universidade federal (R$ 16.000.000), além de dar bolsas para as instituições privadas, sem, contudo, investir na UEG.

Coliseu (auditório) que teria conclusão prevista em 2004. 
Afirmam que os 2% da arrecadação do Estado, nem sempre repassados à UEG pelo governo, são insuficientes para as suas crescentes necessidades. Convém lembrar que o governador Perillo, no final do seu primeiro mandato, admitiu uma emenda à Constituição do estado que destinava 5% do orçamento estadual para a UEG, mas, contraditoriamente, no segundo dia do seu segundo mandato, mandou seus deputados derrubá-la.

Frente a essa realidade marcada pelos desmandos do governo, nesses 14 anos da UEG, o MOVIMENTO MOBILIZA UEG, está nas ruas para lutar pela qualidade da universidade estadual pública e gratuita que a população goiana necessita e conclama a comunidade universitária a aderir à GREVE GERAL DA UEG.

A unidade de Formosa realizou votação no dia 03 de Maio que decidiu a paralização a partir de hoje (07/05).

O comando local de greve é composto pelos professores: Luciana Almeida (Pedagogia/História); Émile Andrande (Letras); Álvaro Regiane (História); Patricia Monteiro (Geografia). Estudantes: Paulo Rodrigo (Matemática), Ronaldo (Matemática), João Gabriel (Geografia) e Jadson Lima (História).

CRONOGRAMA (07/05 a 11/05)

07/05: Concentração na UEG - Diálogos sobre o movimento na parte da manhã no curso de pedagogia e 20 horas, nos outros cursos.
08/05: Assembleia Geral as 20 horas no pátio da UEG - Formosa
09/05 :Concentração na UEG - Diálogos sobre o movimento na parte da manhã no curso de pedagogia e 20 horas, nos outros cursos.
10/05 : Concentração às 20 horas na Praça Rui Barbosa
Atividades culturais (arte, poesia e política)
11/05: Caminhada com apitaço saindo da UEG – ATO PÚBLICO COM PANFLETAGEM a partir das 9 horas da manhã.

Escolha qual rede social e comente:

4 comments:

  1. Apoio a greve! A UEG tem que lutar sim por uma educação de qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Greve na UEG! Eu apoio!

    ResponderExcluir
  3. Uma dica pra quem criou a página, poderia incluir uma caixa ou lugar pra comentário nos vídeos. Queria comentar o vídeo do documentário da cadeia e não achei nada por lá. Fiquei iper comovido com a situação dos anjinhos da cadeia, nossa uma pena deles, será que eles tiveram pena de matar, de vender drogas, de roubar um pai trabalhador e por ai vai tantas atrocidades cometidas por eles e vem reclamar de falta de condições, isso sem contar que a maioria lá é reincidente. Ferro neles, tinha era que colocar pra trabalhar e forçadamente, pena que a constituição proíba.

    ResponderExcluir
  4. Olá, é disponível comentários no vídeo sim.
    Faça login no youtube com sua conta do GOOGLE e comente.

    ResponderExcluir