Últimas

Menu
Previous
Next

Formosa Emprega

Regional

Agência Formosa de Notícias

Recent Posts

Horta Orgânica Municipal: De Formosa para o mundo

26 de jan de 2015 / Comente

O Projeto Horta Orgânica Municipal foi implantado pela Prefeitura Municipal de Formosa em março de 2004. O projeto é localizado em uma área rural, com acesso pela BR 020, km 14, e se desenvolve em uma área de 10 hectares cedidos pela Escola Agrícola Lucilla Saad.

São produzidos na Horta verduras, frutas e legumes para complementar a alimentação escolar de todas as escolas municipais de Formosa, inclusive atendendo também 12 creches. Totalizando assim, 39 escolas que contam com 15.000 alunos matriculados.

São enviados semanalmente para as escolas uma média 3.000 kg de alimentos orgânicos oriundos da Horta Orgânica Municipal. A produção é toda voltada para o desenvolvimento sustentável, sendo utilizado o método orgânico de produção.

São utilizados para o sucesso da produção corredores ecológicos, controle biológico natural, tampão fitossanitário, plantas armadilha, plantas companheiras, sistema agroflorestal, compostagem, adubos e fosfatos naturais.

Além da função de segurança alimentar saudável para todos os alunos das escolas municipais, o projeto também trabalha com a educação ambiental para todos os níveis de ensino, tanto para o ensino formal como informal, ou seja, são ministradas aulas tanto para os discentes matriculados como para toda a coletividade.

As aulas de educação ambiental são ministradas em quatro momentos para os alunos da rede municipal:

Aula teórica de conscientização da urgente necessidade de preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável;

Aula prática de manejo da produção orgânica, incluindo oficinas de hortas em pequenos espaços utilizando a reciclagem de garrafas pet;

Aula de incentivo a confecção de poesias, dissertações e leitura sobre o tema abordado. Esse trabalho é desenvolvido em parceria com o escritor Wilson Quintaneiro;

Aula final de fixação de conteúdo e de incentivo a arte, trabalhada de maneira lúdica. Parceria com a secretaria da cultura sendo utilizada a equipe de teatral de Formosa.

A Horta Orgânica Municipal conta também com a parceria do Instituto Federal de Goiás/Pronatec. São ministrados na Horta através dessa parceria, cursos de Horticultor Orgânico e Identificador Florestal com duração de 200 horas aula. Os cursos preparam o sujeito para uma vida sustentável, envolvendo uma pedagogia centrada na compreensão da vida, uma experiência de aprendizagem no mundo real em sua plenitude. A horta é um laboratório vivo de pesquisa, ambiente de aprendizagem rico e multissensorial no qual vem a facilitar o aprendizado desses discentes.

A Horta Orgânica Municipal atende aos preceitos legais que garantem a produção de alimentos saudáveis de acordo com a Lei 10.831/2003, o Art. 6º da Constituição Federal que incluiu o direito à alimentação em direitos sociais de acordo com a emenda constitucional nº 64/2010. Atende também ao Art. 225 da CF, que garante que todos tenham o direito de um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial a qualidade de vida, impondo ao poder público e a coletividade o dever de defendê-lo. O mesmo artigo, no seu inciso VI, determina promover educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente. Incluindo também os preceitos da Lei da Educação Ambiental nº 9.795/99 que instituiu a Politica Nacional de Educação Ambiental.

A Horta Orgânica Municipal já foi visitada por mais de 1000 pessoas, delegações de várias partes do país e do exterior, entre os visitantes estão: representantes da França, Suíça, Guatemala, Equador, Costa rica, Colômbia, Peru, El Salvador, México, São Tomé e Príncipe, Suriname, Indonésia, Azerbaijão, Tanzânia, Jamaica, Guiné Biçal, Zâmbia, Honduras, Chile, El Salvador, Moçambique, Algiria, Timor Leste, Siri Lanka. Representante da Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO), Drª Vera Boeger, universitários, mestres e doutores da universidade de Brasília-DF, comitiva médica do Hospital Pro-câncer/SP, comitiva do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Governo de Amapá, Tocantins, Deputado Distrital Joe Valle, Deputado Federal Pedro Wilson, Deputado Federal Nazareno Fontelles, Secretários e Prefeitos de várias localidades do país.

Hoje, a Horta Orgânica Municipal é considerada referência nacional em alimentação escolar e educação ambiental pelo FNDE, já foi divulgada em inúmeras reportagens tanto local, como de diversas partes da federação. Também foi destaque na revista Fome Zero do governo federal em 2005.

O Projeto Horta Orgânica Municipal é de autoria da Gestora Ambiental e Pedagoga Lucieli Cantuária e do Gestor em agronegócio Emanuel Lôbo, ambos especialistas em desenvolvimento sustentável e agricultura orgânica, do qual são idealizadores, autores e coordenadores do projeto desde o princípio até os dias atuais.