FOTO: Wilson de Jesus
Hoje a administração, representada pelo secretário de administração concedeu entrevista a uma rádio da cidade. Na ocasião o comissionado revelou que a Prefeitura está preocupada em “colocar a casa em dia” e que não fez cortes na folha de pagamento e sim ajustes no computador, segundo ele o pagamento dos funcionários estava sendo feita de forma ilícita. O representante da administração questionou sobre a legalidade do movimento.

Em resposta o Presidente da Sinprefor, Alex, relatou que a Prefeitura tinha plena convicção da possível paralisação com uma semana de antecedência. Também revelou que nenhum ato do movimento tem objetividade política.

Segundo o sindicato hoje 80% das escolas municipais aderiram ao movimento e é provável que 100% das escolas estejam aderindo à greve amanhã. Hoje muitos professores trabalharam por conta do Divininho.

Uma das garagens deverá estar em peso no dia D da paralisação. A saúde opera somente em casos de urgência em várias especialidades.

A paralisação foi feita para a Prefeitura abrir a negociação, uma comissão foi formada entre servidores e sindicato tentar abrir a negociação de modo a beneficiar os servidores públicos.

Hoje 600 servidores aderiram à greve nos próximos dias serão mais de mil. O sindicato está aberto a negociações e aguarda um posicionamento da Administração para receber (Sindicato) junto ao prefeito e secretários de finanças, educação, saúde e administração.

Entorno pesquisa
O Entorno esteve na paralisação no dia 08 e colheu entrevistas com os locais.

Os distritos; servidores da saúde, administração, educação, manutenção entre outros estão apoiando a paralisação por que:

· Os salários beiram ao ridículo, a remuneração recebida em alguns casos (com empréstimos) chega a R$ 250;
· Os professores da Zona Rural não recebem os 70% de aumento;
· A retirada de quinquênios abaixou a remuneração substancialmente;
· Os professores municipais pedem o retroativo;
· Falha nos pagamentos dos servidores;
· Melhores condições de trabalho (EPI);
· Entre outros.

O que surpreendeu foi à presença maciça dos professores e servidores dos distritos que deslocaram centenas de quilômetros para manifestar o apoio à sinprefor. Uma manifestante questionou porque o Prefeito cria cortes, mas o quadro de contratados em relação à administração passada, mas que dobrou na Assistência Social.

Como a administração argumenta que existem dívidas da gestão anterior sem apresentar evidências?

Bem como cria cortes na remuneração e contrata mais comissionados que a administração anterior?

São perguntas que ficam sem resposta, se alguém souber responder, digite nos comentários logo abaixo.

Finalizo a reportagem com o belíssimo comentário da Jucieli Toledo:
E o que é pior, ainda tem que ouvir "pessoas" falando que devemos ter amor no que fazemos... Vai ali no mercado meu bem e compra 5 kg de arroz e paga com amor... Por favor, né... aff... Vou te contar uma historinha... O governo quer números... sabe o que acontece quando eu ou qualquer outro colega tento reprovar um aluno no 1° ou 2º ano pq este não está alfabetizado? ... A lei não deixa... Os pais mandam os alunos pra escola e pensam como vc... Que nós temos que fazer milagres... Ninguém aprende sem estudo complementar... Sou professora ((pq essa história de educador é a maior piada))... AMO o que eu faço... Vá a Escola Izaíra e pergunte aos meus alunos o que eles acham de mim. tenho certeza que você só receberá elogios... eu todos os meus colegas... passamos fds preparando aulas... noites pensando em aulas e projetos legais... pra vir uma IDIOTA como você falar o que não sabe? Por favor, se informe melhor... A nossa luta é muito mais por reconhecimento e não por dinheiro... são pessoas como você que me fazem ter vergonha da minha profissão pq é impossível imaginar que você já passou por uma escola e já precisou de um professor... ((pronto falei)), postou Jucieli Toledo, professora da Escola Municipal Izaíra Machado de Freitas Camargo.

Escolha qual rede social e comente:

2 comments:

  1. Uma piada mesmo essa administração, falam de uma dívida, se existe uma dívida existe um autor, então porque não colocam o autor pra responder por ela. Se existe a dívida denuncie ao ministério público é simples assim, e os recursos não deixam de entrar na prefeitura por causa de dívidas não. Essa desculpa de dívida é conversa pra boi dormir, pagam uma fortuna de aluguel no prédio da antiga clinica monte sinal, pagam alugueis caros por ai, pagam um bando de comissionados pra ficar puxando saco no facebook ai vem falar que falta dinheiro. Pode até existir a dívida, mas seu autor não quem o povo pensa não, a dívida vem de antes do Pedro Ivo, então porque não o denunciam. Como diz a prof: Jucieli (pronto falei)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo trabalho estimoso que o sindicato tá fazendo, os diretores e os servidores. Parabéns para o Alex que soube se portar bem mesmo sendo acusado de ato político e, junto com todo mundo mostrou que não é bem assim não. Que esse prefeito aí tá de sacanagem com a gente. E não seria má ideia o Alex ser prefeito não porque competência tá tendo de sobra, enquanto que o secretario não sabe nem o que falar quando perguntam se foi irregularidade ou ilegalidade. Que eu saiba esses decretos vergonhosos tem sido feitos pela prefeitura atual e não pelo ex-prefeito. Amanhã tô na praça de novo e vou botar a boca no mundo.

    ResponderExcluir