Formosa também está sendo palco de manifestações pacíficas, realizadas ontem (18), demonstrou que a população formosense começou a comparecer nas ruas.

No dia 17 de Junho eram somente 60, ontem eram 300 (aumento de 500%) e a prospecção para sábado é que haja 500 pessoas concentradas em frente à Rodoviária de Formosa às 16 horas.

A manifestação realizada ontem contou com alunos e professores da Universidade de Goiás, que estavam reivindicando melhorias para a UnU Formosa.

Segundo o movimento de greve, as estruturas da maioria das 42 unidades espalhadas pelo estado estão ruindo ou são insuficientes ou simplesmente inexistem. Além disso, nenhuma delas conta com nenhum restaurante universitário ou casa de estudante. A situação dos professores e funcionários continua precária: a defasagem salarial e a falta de concursos põem em risco a continuidade das aulas em vários cursos, inviabilizando mais ainda a pesquisa e a extensão.

A “Grande mobilização de Formosa” percorreu as avenidas mais importantes da cidade e realizou um enterro simbólico das políticas educacionais do Governador de Goiás.


Funeral simbólico e aviso ao Prefeito
Reprodução/Facebook

O Prefeito de Formosa também foi citado, os manifestantes pediram o uso mais consciente do dinheiro público na saúde, educação, saneamento, etc. Também foi levantando a polêmica do transporte público.

Boa parte da população formosense vive a base de grandes sacrifícios quando o assunto é o transporte público. Muitas pessoas estão insatisfeitas com os transtornos de que são vítimas diariamente, principalmente, nos horários de ir e de vir do trabalho.

A manifestação também serviu para expressar o apoio da UEG e UNESP, ambas estão em estado de greve. “Oh Unesp, vê se me escuta, a sua luta é a nossa luta” professou o grito de guerra cantado pelos estudantes.
 

Grito de Guerra da UEG em apoio a UNESP
Reprodução/Facebook
#vemprarua
Com trilha cantada pelo grupo O Rappa, a música se tornou símbolo das manifestações a favor da redução da tarifa do transporte público nas principais capitais brasileiras.


Manifestantes cantando "Vem pra rua" em frente a Praça da Prefeitura
Reprodução/Facebook

Melhores Momentos (Por Samir Negreiros)



Nota: O Entorno Urgente se solidariza com a população formosense que enfim foi para a rua cobrar os mandos e desmandos decretados Brasil a fora. Estaremos cobrindo a mobilização de Sábado e caso alguém queira ser entrevistado ligar 9632-6261 #formosaacordou

(Fotos e Vídeos: Cortesia Rodrigo Suess)

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: