Reprodução/TSE
A Executiva Nacional do Partido Republicano da Ordem Social – PROS-90 fechou o apoio ao pré-candidato à prefeito de Cabeceiras (GO), Antônio Cardoso. A escolha foi feita após ouvir o vereador Celcio Basilio (Pros), que optou pela União de forças em favor do povo.

Antônio Cardoso é um destacado empresário, tendo como principal objetivo trazer uma renovação para a cidade. Cardoso ficou em segundo lugar nas eleições de 2012, onde o ex-prefeito Nadir de Paiva foi eleito. A diferença ficou em 290 votos, ou seja, 5,44 por cento.

Conhecido por ser um homem do povo, ele tem apoio em todos os seguimentos da sociedade, além do imprescindível apoio da executiva nacional do PROS-90 e do pré-candidato ao Governo de Goiás, Júnior Friboi (PMDB).

As novas eleições em Cabeceiras ocorrerão no dia 4 de Maio.



O professor Celcio Basilio optou pelo bom senso e pela união, apoiando Cardoso. O vereador acredita que Cardoso trará uma Cabeceiras com uma administração mais dinâmica, justa, humana e igualitária. O apoio do PROS-90 a chapa de Antonio Cardoso, é por acreditar que a vitória deste trará um melhor qualidade de vida para a população. Já que ele possui uma militância política pautada no bem social.

Convenção Municipal


As Convenções Municipais que decidirão as candidaturas e possíveis coligações, acontecerão na Câmara de Vereadores da Cabeceiras, neste próximo domingo. O PROS-90 abriu mão de registrar chapa com o vereador Celcio Basílio, para apoiar Antonio Cardoso, por considerá-lo um candidato ideal pra representar os anseios do povo. “Cabeceiras precisa de renovação”, afirma o presidente nacional do PROS-90 Euripedes Junior.

Cassação

No último dia 27 de fevereiro, o TRE-GO manteve a decisão do dia 10 de dezembro cassando os diplomas do prefeito Nadir de Paiva (PP) e do vice Bim de Oemis (PTN). A corte rejeitou por unanimidade os embargos declaratórios do prefeito e vice. O presidente da câmara e vereador Gerson Ataídes (PSD) assumiu a Prefeitura de Cabeceiras (GO).

O prefeito Nadir de Paiva já revelou em outras ocasiões que irá recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que é uma corte superior a fim de conseguir uma liminar para permanecer no cargo e posteriormente forçar um novo julgamento já no TSE.

Embora o TRE-GO tenha divulgado a data da nova eleição, dia 4 de maio, o recurso eleitoral interposto pelo ex-prefeito e vice, Nadir de Paiva e Bim de Oemis, ao Tribunal Superior Eleitoral tramita normalmente, o que poderá ainda conceder uma liminar ao prefeito e vice-prefeito para retornarem aos respectivos cargos. Caso isso aconteça, a data divulgada da nova eleição é cancelada, até que o Tse julgue os processos podendo ou não absolver os recorrentes.

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: