Professores e estudantes de diversas instituições municipais, estaduais e federais se reuniram na Praça Cívica em Goiânia para protestar contra a implantação das OSs

Professores e estudantes de diversas instituições municipais, estaduais e federais se reuniram na Praça Cívica em Goiânia para protestar contra a implantação das Organizações Sociais (OSs) na administração das escolas estaduais em Goiás.

As Organizações Sociais são entidades sem fins lucrativos que recebem recursos do Estado para administrar um determinar órgão público. Em Goiás o modelo é aplicado na saúde, mas na educação a iniciativa é novidade.

Segundo o professor de educação física, Álcio Crisótosmo, cerca de 500 pessoas participaram do protesto na quinta-feira, 19.

Na sexta-feira, 20, o SINTEGO reuniu 25 escolas no abraço negro, contra o racismo e preconceito na Assembleia Legislativa, em Goiânia. O abraço também aconteceu em Aparecida de Goiânia, Trindade, Anápolis, Luziânia, São Miguel do Araguaia, Silvânia, Itapuranga, Uruaçu e Niquelândia, e em outras das 34 regionais do Sintego.

Na sexta-feira, 27, o sindicato promete o Abraço em Defesa da Escola Pública e contra as OSs às 9h, no Colégio Lyceu de Goiânia.

Foto: Reprodução/Internet

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: