O município de Formosa completou 173 anos nesta segunda-feira (1). Conhecido por ser a porta de entrada para o Nordeste Goiano, Formosa é a nona maior cidade de Goiás e a 17ª maior cidade do Centro-oeste.

O município de Formosa completou 173 anos nesta segunda-feira (1). Conhecido por ser a porta de entrada para o Nordeste Goiano, Formosa é a nona maior cidade de Goiás em população e a 17ª maior cidade do Centro-oeste.

Formosa foi emancipada pela Lei Provincial n.º 1 de 1 de agosto de 1843, desmembrando-se do município de Santa Luzia.

A solenidade de comemoração aos 173 anos, iniciou na Praça Rui Barbosa às 8h com a presença de diversas autoridades municipais, estaduais e federais. O hasteamento das bandeiras foi ao som das bandas de Formosa, a programação contou com distribuição do bolo de aniversário.

O prefeito Itamar Barreto fez o pronunciamento representando o poder executivo “Reconhecemos que o município ainda precisa avançar muito mas não será possível o próximo prefeito avançar sozinho sem a mudança do pacto federativo. A população precisa se mobilizar para que o Congresso faça as mudanças necessárias para ver as necessidades dos municípios e possam injetar mais recursos para as cidades. Para que as cidades sejam mais confortáveis, acolhedoras, justas e para que as pessoas vivam melhor. Quero parabenizar Formosa pelos seus 173 anos e parabenizar a nossa população que é cada vez mais ordeira, trabalhadora e a cada dia que passa ama mais nossa querida Formosa. Feliz aniversário Formosa”, destaca o chefe do executivo local, prefeito Itamar Barreto.

O morador Thiago Alves foi o ganhador de um voo de parapente que foi sorteado na solenidade de comemoração do aniversário de Formosa.

O primeiro nome de Formosa foi Arraial dos Couros. O que iria se tornar o município de Formosa, foi criada na segunda metade do século XVII como desdobramento do município de Luziânia, nessa época também Arraial. Sabe-se que as primeiras casas foram erguidas por negros fugindo da febre amarela, que estaria dizimando os moradores de um outro Arraial, o de Santo Antônio do Itiquira, na barra do rio Itiquira com o rio Paranã.

Em 1767, o padre Antônio Francisco de Melo celebrou a primeira missa na Casa de Oração de Couros.

Um marco histórico foi a instalação da Estação Fiscal de Registro da Lagoa Feia, em fevereiro de 1736, por ordem do rei de Portugal, que temia a evasão do ouro e o não pagamento dos tributos. Somente em 1843, o arraial foi elevado à categoria de vila e, pela primeira vez, apareceu o nome Formosa: Vila Formosa da Imperatriz.

O primeiro prefeito de Formosa foi o Sr. Lázaro de Melo Álvares, em 1844.

Galeria

Escolha qual rede social e comente:

1 comments:

  1. Boa tarde Aldimar...
    Vamos aí para algumas correções:
    1- O primeiro nome de Formosa foi "Couros". Somente em 1.749, tivemos estabelecido o nome de "Arraial de Couros".

    2- Em 1º de agosto não aconteceu a emancipação, mas sim a elevação à categoria de Vila, podendo assim ser desmembrado da Vila de Santa Luzia. Sua emancipação passa a ser apenas em 22 de fevereiro de 1844, data da criação da Câmara Municipal de Formosa.
    3- As primeiras missas foram celebradas pelo padre Antônio Mendes Santiago, em 1.744.
    4- O "Arraial de Couros" não foi erguido através dos negros vindos do "Arraial Santo Antônio do Itiquira", tanto que o Arraial de Couros foi estabelecido em 1.749, enquanto que o Arraial Santo Antônio do Itiquira foi estabelecido em 1.754, ou seja, o Arraial Santo Antônio do Itiquira surgiu 5 anos mais tarde que o Arraial de Couros.
    5- A primeira vez que surgiu o nome Formosa foi pela Lei Provincial n.º 4, de 22-08-1838, criando o Distrito com a denominação de Vila Formosa da Imperatriz.
    Peço por favor, que se façam as correções no texto, para que os alunos e professores não tenham informações enganosas.

    ResponderExcluir