A Prefeitura de Formosa lançou na tarde desta segunda-feira (10), uma nota falando sobre os 100 dias de governo “sério, moderno e que ouve a voz do povo”, diz.

A Prefeitura de Formosa lançou na tarde desta segunda-feira (10), uma nota falando sobre os 100 dias de governo “sério, moderno e que ouve a voz do povo”, diz.

Confira a nota:

Há 100 dias Formosa inaugurava uma nova etapa em sua história, com o início de um governo sério, moderno e que ouve a voz do povo. Um governo com o compromisso de fazer de Formosa uma cidade com mais igualdade e oportunidade para todos.
O começo não foi fácil, mas nossa força de trabalho e nosso amor por Formosa é maior que qualquer desafio, por isso trabalhamos duro desde o primeiro dia de governo e colocamos como prioridade o saneamento das dívidas, o restabelecimento de serviços essenciais a organização e moralização do serviço público.
Já nos primeiros dias de governo reduzimos de 22 para 7 o número de secretarias, enxugando os gastos com folha de pagamento, que devem gerar uma economia superior a R$ 1,3 milhão por ano. Reduzimos também os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários, enquadrando os valores à realidade financeira do município.
Em finanças, demos início a um rigoroso processo de análise e negociação de preços que permitiram à Prefeitura adquirir materiais como alimentos e medicamentos a valores até 65% mais baixos, mantendo a qualidade e a quantidade de produtos. Lançamos também um programa para renegociação de dívidas, oferecendo aos cidadãos inadimplentes até 95% de desconto nas multas e juros do IPTU, ISS e outros tributos municipais. E os resultados desse projeto já começaram a aparecer: nos 3 primeiros meses do ano ampliamos a arrecadação do município e reduzimos consideravelmente a quantidade de inadimplentes.
A seriedade na utilização dos recursos públicos também teve reflexos no consumo de combustível pela frota de veículos municipal, que teve uma queda drástica em todos indicadores. Só o consumo de Diesel caiu de 74.835 litros em fevereiro de 2016 para menos de 15 mil litros em fevereiro de 2017, uma economia de mais de 60 mil litros.
No meio ambiente fizemos uma série de vistorias in loco, averiguando denúncias de dano ambiental e notificando os responsáveis. Fizemos também o plantio de mudas no Parque da Colina e na Mata da Bica, além de doarmos mais de 350 mudas para plantio em todas as regiões do município.
Em nossa zona rural reformamos 12 pontes, que estavam em estado crítico e representavam um sério risco aos moradores da região. Na zona urbana, mais de 3 mil km² de ruas foram varridas e mais de 15 mil toneladas de lixo foram coletados nesses primeiros 100 dias. A retirada de entulhos acumulados em vias públicas também recebeu atenção especial da nossa gestão, que coletou mais de 1.300 toneladas de material que estava espalhado pela cidade. No mês de janeiro fizemos uma estimativa de 4.100 postes com defeito no município, um problema que deixava sem iluminação mais de 30 mil formosenses. Já realizamos mais de 1.200 atendimentos, reduzindo em grandes proporções o número de pessoas sem iluminação pública na porta de casa. E a meta para os próximos 100 dias é realizar mais de 2.000 atendimentos, acabando de vez com esse problema.
As ações na área da saúde tiveram como foco principal a reestruturação das unidades de atendimento e o estabelecimento de padrões de qualidade no atendimento ao cidadão. A UPA recebeu melhorias como implantação de fraldário, adequação de espaço físico, reforma de macas e colchões, reativação da coleta de lixo e manutenção em aparelhos de ar condicionado e raio x. O Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) recebeu uma atenção especial na humanização do atendimento, além de reparos importantes em sua estrutura física. Na Policlínica Lagoa dos Santos aumentamos de 4 para 7 as especialidades atendidas e ampliamos o atendimento de 650 pacientes mensais para mais de 1.600.
Na educação, foram realizadas visitas técnicas em todas as unidades escolares para verificar a estrutura e orientar os servidores e gestores escolares. Muitos materiais e equipamentos já foram adquiridos para contribuir no processo ensino-aprendizagem. A alimentação das crianças também foi colocada como prioridade, com a melhoria na qualidade dos alimentos adquiridos para os 3 primeiros meses do ano e a abertura do processo licitatório, inclusive para atender a crianças com restrições alimentares. Foram realizados atendimentos de, aproximadamente, 1.500 crianças em busca de vagas nas unidades escolares. Cerca de 70 crianças foram encaminhadas para Unidades Escolares em atendimento à Conselho Tutelar, Ministério Público e outras demandas.
Para auxiliar os micro e pequenos empresários foram realizadas mais de 250 consultorias e mais de 300 orientações técnicas, em parceria com o Sebrae. Em outra importante parceria, desta vez com o Banco do Povo, realizamos mais de 190 atendimentos para liberação de empréstimos, negociação de dívidas, abertura e ampliação de empresas, gerando emprego e renda para a nossa cidade. Outra importante obra foi a reforma e reestruturação da Feira Coberta, que recebeu um novo telhado, banheiros reformados, dedetização e reforma nas calçadas e portões.
A assistência social de Formosa recebeu uma atenção nunca antes experimentada em sua história. Só no Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) foram realizados mais de 1.900 atendimentos psicológicos, jurídicos e de educação social, oferecendo um serviço especializado e continuado a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos, como violência física, psicológica e sexual, além de riscos pessoais e sociais associados ao uso de drogas. Na Casa das Hortênsias foram realizados cerca de 200 atendimentos individuais e em grupo, com crianças, adolescentes e mulheres de todas idades. O Programa Amparo, que concede auxílio funeral a que perde um ente querido no município, deu suporte humano e material a 27 famílias que passaram por esse momento tão difícil.
Já fizemos muito e sabemos que há muito o que fazer. Demos os primeiros passos para colocar Formosa de volta aos trilhos e precisamos de você, para avançarmos juntos. Para facilitar essa união e permitir que todos formosenses participem ativamente da nossa gestão vamos lançar, na próxima semana, um importante projeto que permitirá a qualquer cidadão solicitar serviços como poda de árvore, troca de lâmpadas e coleta de entulhos, além de poder registrar reclamações e sugestões para ampliarmos a qualidade do nosso atendimento.

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: