Apenas nos seis primeiros meses de 2012 foram registradas no Distrito Federal , 49 ocorrências de maus-tratos contra animais. O número é maior que o registrado em todo o ano de 2011, quando foram 46 ocorrências.

Casos de espancamento e envenenamento estão entre os que mais chocam. Em samambaia, região administrativa do DF, uma sequência de mortes de cães envenenados foi alvo de denúncias da população. Em 2011, o caso do cão da raça yorkshire morto depois de ser brutalmente agredido pela dona, em Formosa (GO), chegou aos noticiários nacionais.

Maltratar animais é crime, mas muita gente parece desconhecer isso ou não acreditar na Justiça. O que também preocupa as entidades protetoras dos animais é o grande número de casos de abandono.

As ONGs que lutam pelo direito dos animais estimam que existam no DF 20 mil cães e gatos abandonados. Muitos acabam morrendo atropelados e outros de doenças.

Os que ficam pelas ruas, são encaminhados para o Centro de Zoonoses. Lá, os saudáveis são encaminhados para adoção e os doentes e os que não conseguem um dono, são mortos, o que poderia ser evitado com a castração dos animais de rua ou a guarda responsável.
Fonte: R7

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: