O Entorno Urgente teve a oportunidade de conhecer uma das melhores escolas da região. Conhecida como “escola do Paranã”, a Escola Municipal Projeto Paranã é a segunda maior escola rural do município de Formosa e por estimativa deverá se tornar a maior em breve.

A Escola Municipal Projeto Paranã promove o ensino fundamental, médio e possui o programa “mais educação” que garante atividades em tempo integral. Localizada a 56 quilômetros de Formosa, a escola superou muitas dificuldades e se destacou por ser uma de poucas que conseguem levar a comunidade para dentro da escola.

As dificuldades são constantes mas a equipe pedagógica busca sempre parceiros e inovações para levar melhorias para a sala de aula.

A cozinha por exemplo, é má iluminada, faltam freezers, geladeiras, batedeiras, entre outras ferramentas que auxiliam na alimentação dos estudantes. O depósito de alimentos não possui ventilação e aumenta o risco de contaminação.

Equipe de higiene e alimentação

A equipe de higiene e alimentação é insuficiente, somente três pessoas se revezam e buscam manter a escola que possui mais de 300 alunos. Por isso, os próprios alunos se comprometem e fazem a limpeza das salas de aulas para a entrega no próximo turno.

Uma conquista recente da escola é a pintura que foi feita por pais de alunos nas férias. Por meio de doações, foi feita uma reforma dentro da escola no período das férias, com direito a reparos além da  troca de portas e janelas.


Talvez um dos maiores patrimônios da Escola Municipal seja a Horta que possui a extensão de 1 hectare. Ela é composta por produtos orgânicos, que é um alimento sadio, limpo, cultivado sem agrotóxicos e sem fertilizantes químicos.

Vagner coordenador da horta (esq.) e Ana Paula diretora da escola (dir.)
Nela é cultivada cebolinha, coentro, alface, beterraba, cenoura, couve, abobrinha, tomate, quiabo, jiló, pepino, etc. que são utilizados na alimentação escolar. “Vagner é fantástico” elogiou a diretora Ana Paula ao coordenador da Horta. A escola inclusive faz a distribuição dos legumes, verduras e frutas para outras escolas. Vale ressaltar que na horta cada turma tem o seu canteiro para cuidar.

A UnB, comissão da ONU para Alimentação e Agricultura, Ministério da Educação e 5 países visitaram a horta. A horta portanto, acabou se tornando parte da vida dos alunos que implementaram a ideia em suas casas. Segundo estimativa da diretora Ana Paula Monteiro, mais de 20 famílias criaram hortas em suas casas pelo pedido dos alunos.

Bicicletas que são utilizadas nas atividades de ciclismo.
Os projetos da escola são os mais variados, como a manutenção da horta, ciclismo (com proteção individual), esportes, teatro, e o reforço escolar que é composto pelo letramento e aulas de matemática.

Turma do 5º Ano e  Zenilda que é monitora do programa Mais Educação e estagiária do IEL, ela estava auxiliando a professora regente Inaiane que no dia estava em uma capacitação com a Syngenta
Não é só a escola que recebe diversos prêmios, os alunos também são colecionadores de diversas medalhas municipais e estaduais.
Turma do 9º Ano com o professor Kerlei 
Por meio de concursos que instigam a capacidade e a criatividade dos estudantes, a escola promove o interesse do aluno para a educação.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) estará ministrando o curso “Bovinocultura de leite” nas próximas semanas.

Um dos anseios da escola é a reabertura da sala de apoio a saúde que foi fechada. A sala realizava o atendimento três vezes ao mês e tinha levado um ganho para a comunidade, uma vez que, alguns alunos possuem problemas dentários. A sala era composta pelo atendimento de dentistas e um clínico geral.


A economia para os pais também foi grande, um pai revelou que o “mais educação” trouxe uma economia surpreendente pois não se gasta como antes com alimentação dentro de casa.

Um dos maiores feitos que a escola conseguiu foi a integração comunidade e escola. Mesmo a escola necessitando de uma cozinha nova, ampliação de salas, criação de quadra poliesportiva, criação de novas salas, o trabalhador do campo ajuda muito na escola. O trabalhador sempre leva frutas da temporada para a escola, garantindo as sobremesas e o suco dos estudantes. Como muitas famílias ainda não possuem energia elétrica a escola se torna o cinema, palco de eventos e centro de reuniões.

Transporte

O transporte na região talvez podia ser pior caso não acontecesse a intercessão da direção junto aos órgãos. Os ônibus percorrem um perímetro de até 50 km, ou seja, 2 horas de viagens para levar e buscar os estudantes em paradas ou portas de suas casas. Mesmo os ônibus estando em ótimo estado, limpos e organizados, a volta para casa dos alunos se tornam perigosa por causa de três pontes que ameaçam a ceder ou já cederam.

Os motoristas do projeto se organizaram e criaram uma cooperativa para fazer as linhas. Todos são uniformizados e capacitados para realizar o transportes das crianças.


A ponte “Conceição” segundo os motoristas, está há mais de 20 anos ameaçando ceder e não se faz o conserto. Outra ponte que foi bastante questionada na época eleitoral está em péssimo estado. A ponte “barro vermelho” foi incendiada quando um candidato iria visitar um assentamento no Projeto Paranã, a situação antes do incêndio já era grave e agora piorou, pois os motoristas dos ônibus tiveram de realizar um desvio.

Rota Verde
O projeto idealizado pela Janaína Isomura intitulado “Rota Verde” nasceu da participação da Escola Municipal Projeto Paranã no programa de Formação Agrinho (Programa social e ambiental desenvolvido pelo Sistema FAEG/SENAR – GO que trabalha com as escolas da rede pública) e hoje constrói sacolinhas sustentáveis. A ideia da professora de geografia foi desenvolver um site com foco no turismo sustentável regional. Para ser divulgado no site como parceiro a empresa deve adquirir sacolas sustentáveis.

“Sacola divulga site, site divulga cliente” expôs Janaína que ficou surpreendida pelo sucesso de vendas que alcançou. A meta do Rota Verde era vender 500 sacolinhas no primeiro mês, todavia foram solicitadas 4.000 sacolinhas em um único dia, hoje já perfazemos 60.000 pedidos.  Toda a renda do projeto é revertida para a escola. “O Rota Verde Formosa não é apenas um site de publicidade, é parte integrante de um Projeto que compreende educação, empreendedorismo e meio ambiente”, declarou.

Reforma realizada por pais de alunos no período de férias através de doações dentro da própria escola.
Mesmo com recursos limitados a equipe da Escola Municipal Projeto Paranã conseguiu revolucionar o ensino e integrou não apenas o aluno à escola, mas toda a comunidade. Hoje a escola é palco de eventos, cinema, garantia de renda para muitos servidores e também casa para muitos estudantes que ali visam seu passaporte para o futuro.

A escola não se acomoda e não tem receio de pedir, quando algo não conquista recursos pela Prefeitura, a escola se organiza com os pais e buscam juntos financiar o projeto. Os pais portanto, confiam na equipe séria e comprometida que administram a escola que podem ser apontada com revolucionária e comprometida com o ensino.

Não tem como visitar a escola e não se apaixonar pelos belos exemplos de superação, tanto por parte dos alunos, tanto por parte dos professores, que com tão pouco investem o que podem e buscam trazer para ambos o retorno de algo no futuro.

Como um famoso escritor disse: “Educação para a superação da desigualdade de gênero”.

CONFIRA TODAS AS FOTOS

Deixo aqui meu agradecimento a todos que me acolheram em sua escola. A educação é a única forma de quebrar verdades absolutas e proporcionar um futuro melhor.

Escolha qual rede social e comente:

4 comments:

  1. Escola Municipal Projeto Paran9 de ago de 2013 00:40:00

    Sentimo-nos honrados com sua ilustre visita, seu olhar verdadeiro, seu compromisso e seriedade Aldimar Nunes Vieira, é importante destacar que seu diálogo com os alunos sobre acreditar na educação e batalhar pela realização dos sonhos trará boas influências. Agradecemos a Deus pelas oportunidades, aos amigos, colaboradores e parceiros de nossa escola, a Secretaria Municipal de Educação que tem buscado somar forças com as escolas e incentiva os projetos. Temos muita vontade de fazer a diferença e acreditamos muito no poder transformador da educação. AMAMOS o que fazemos e temos certeza que nossos educandos são merecedores de uma educação qualitativa, diferenciada, significativa. Obrigada por tudo!!!

    ResponderExcluir
  2. Comentar...Parabéns à Ana Paula Monteiro e equipe. São personalidades como vocês que realmente fazem a diferença para nossa comunidade!!!

    ResponderExcluir
  3. Escola Municipal Projeto Paran12 de ago de 2013 16:41:00

    Relson, agradecemos sua torcida por uma educação melhor!

    ResponderExcluir
  4. Escola Municipal Projeto Paran12 de ago de 2013 16:42:00

    Agradecemos suas palavras e sua amizade Samuel!!!

    ResponderExcluir