Você conhece o Estado do Itiquira? O mais novo Estado que poderá ser criado no Brasil. Saiba tudo sobre esse projeto que poderá se tornar realidade

O município de Formosa é um dos maiores de sua região, além de ser o portal de acesso ao Nordeste Goiano. Cortado por importantes rodovias o município é um importante símbolo para todo Nordeste Goiano, mesmo pertencendo a região leste. O Nordeste Goiano é conhecido por ser a região mais pobre do Estado de Goiás, a região alega ser esquecida pelos governadores do Estado.

De acordo com estimativas do IBGE, em 2013 o município de Formosa possuía cerca de 108.503 habitantes. O PIB Municipal em 2008 girava em torno de R$ 655,336 milhões. Para surpresa de muitos, o maior setor é o de serviços com uma parcela de R$ 454,706 milhões, seguidos por indústria, R$ 88,052 milhões; agropecuária, R$ 58,777 milhões e produtos líquidos de subsídios R$ 54,130 milhões.

Formosa é maior que todo o Distrito Federal. Enquanto o município goiano possui 5 806,891 km², o Distrito Federal conta com apenas 5 801,937 km².

O município de Formosa também é destaque no IDH-M, dentre os vizinhos goianos e mineiros ele é o maior. Inclusive é maior que a capital amazonense, Manaus. De 5.565 municípios, Formosa encontra-se na posição número 667.

Comparação com municípios vizinhos
CIDADE
IDH-M
ÍNDICE
VARIAÇÃO COM FORMOSA
FORMOSA
0,744
(Alto)
 -0.000
PLANALTINA
0,669
(Médio)
-0.075

CABECEIRAS
0,668

(Médio)
-0.076
ÁGUA FRIA:


0,671
(Médio)
-0.073
SÃO JOÃO D’ALIANÇA
0,685
(Médio)
-0.059

FLORES DE GOIÁS
0,597
(Baixo)
-0.147
VILA BOA: 
0,647
(Médio)
-0.097
CABECEIRA GRANDE
0,648

(Médio)
-0.096
BURITIS
0,672
(Médio)
-0.072

Mas então vem a pergunta: Uma cidade tão bem posicionada e que possuí laços com a Presidência da República, Governo de Goiás e seus filhos estão espalhados por todos os cantos do poder ainda não é uma cidade com alto padrão de vida? Essa não é a pergunta só de Formosa, mas de todo Nordeste Goiano.

Só o município de Formosa é maior que o Distrito Federal, mas não tem o mesmo investimento que a Capital Federal. Na história da cidade ainda carece alguns Juscelino Kubitschek para impulsionar o desenvolvimento. Passando por Formosa, somente após 554 quilômetros se encontrará uma cidade com população maior, exatamente em Barreiras, Estado da Bahia, mas mesmo assim, Formosa se encontra em vantagem no IDH-M, a cidade goiana atingiu 0,744 contra 0,721 do município baiano.

Estado do Itiquira

Passando situações de dificuldades socioeconômicas ou não, muitas lideranças participam da luta para criar o Estado do Itiquira. Desde juízes, desembargador, padres, pastores, prefeitos, vereadores e líderes comunitários.

O Estado do Itiquira seria o mais novo Estado da Federação do Brasil, sendo operante, ágil e econômico, impulsionando o desenvolvimento dos municípios do Nordeste Goiano, sendo, Formosa, Posse, Cavalcante, Campos Belos, Monte Alegre de Goiás, Divinópolis de Goiás, Cabeceiras, Planaltina, Vila Boa, São João D’Aliança, Água Fria, Flores de Goiás, Alvorada do Norte, Simolândia, Buritinópolis, Mambaí, Damianópolis, Sítio D’Abadia, Colinas do Sul, Alto Paraíso de Goiás, Teresina de Goiás, Nova Roma, Guaraní de Goiás, São Domingos, Campos Belos e Monte Alegre De Goiás.

O que impressiona é o índice de aprovação da proposta, em alguns anos atrás cerca de 75% da população de Formosa e cidades limítrofes aprovaram a ideia. Hoje segundo analistas a aprovação deve atingir 90%.

Confira a entrevista completa sobre o Estado do Itiquira

Entorno Urgente: Em que se baseia o Estado do Itiquira?
Reinaldo Bueno:
 Por mais que o governo Marconi Perillo tenha feito para desenvolver os municípios que compõem a região nordeste de Goiás, por mais que tenha aplicado recursos nessa região e criado várias ações para progredi-la e, comitantemente, trabalhado para que a região nordeste se iguale as demais regiões, ainda estamos longe de termos, ao menos, o que tem as demais regiões de Goiás. O atraso que impera, por décadas em nossa região nordeste, nos impulsionou para defender essa bandeira da criação do Estado do Itiquira. Que, na verdade, é o mecanismo mais preciso e correto para implementar progresso aos municípios que compõem essa região. Pois, com a criação do Estado do Itiquira, teremos recursos próprios, inclusive, com a participação do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e outras formas de recursos.

Nossa região nordeste pouco participa dos recursos federais. A exemplo de estarmos submetidos a Superintendências de Brasília-DF da CEF e BB às quais estamos sob suas jurisdições. Essas Superintendências priorizam Brasília. Somos apêndices delas.

Fator que nos possibilitará crescimento sustentável e permanente é que, com a criação do Estado do Itiquira, teremos nossas Superintendências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal e nosso próprio Tribunal de Justiça, além de outros importantes órgãos para nosso progresso e celeridade nas ações e decisões.

EU: Quais lideranças participam para criar o Estado? 
Reinaldo Bueno: São muitas as lideranças que participam dessa luta. Evitarei nomear alguns para não ser deselegante com outros. Pois são muitos! Desde juízes, desembargador, padres, pastores, prefeitos, vereadores e lideres comunitários. O mais importante é que a criação do Estado do Itiquira é uma luta de todos. É uma luta cívica! Sem coloração partidária.

Para se ter uma ideia da aceitação dessa bandeira, por parte da sociedade, foi feita alguns anos atrás em Formosa, pela 92FM, por iniciativa do radialista Luis Rô, uma enquete que, fantasticamente, deu aprovação, naquela época, de mais de 75%. Hoje, após tantas adesões a nossa causa, creio que a criação do Estado do Itiquira alcance, no mínimo, 90% de aprovação.


EU: Quais cidades/regiões fariam parte?
Reinaldo Bueno: 
O Estado do Itiquira será criado a partir do desmembramento da região nordeste do Estado de Goiás. Portanto, todos os municípios que compõem a região nordeste farão parte do novo Estado do Itiquira.

Que são: Formosa, Posse, Cavalcante, Campos Belos, Monte Alegre de Goiás, Divinópolis de Goiás, Cabeceiras, Planaltina, Vila Boa, São João D’Aliança, Água Fria, Flores de Goiás, Alvorada do Norte, Simolândia, Buritinópolis, Mambaí, Damianópolis, Sítio D’Abadia, Colinas do Sul, Alto Paraíso de Goiás, Teresina de Goiás, Nova Roma, Guaraní de Goiás, São Domingos, Campos Belos, Monte Alegre De Goiás.

Provavelmente, esses Distritos e povoados se tornarão municípios: Santa Rosa, Bezerra, JK, São Gabriel, Barbosilândia, dentre outros.

EU: Possui mais dados sobre como funcionaria a máquina do Estado do Itiquira?
Reinaldo Bueno:
Nossa proposta é de criar um Estado operante, ágil e econômico. Com um plano Primordial de Metas de Desenvolvimento. Com apenas o número necessário de agentes públicos e poucas Secretarias de Estado. Inclusive, em conjunto á proposta de Criação do Estado do Itiquira, propomos seja modificado o Artigo 45 da CF, nossa Carta Magna, que estabelece o número mínimo de 08 (oito) Deputados Federais diminuindo para 04 Deputados Federais, bem como, o número de Senador que hoje são 03, para apenas 01 Senador da República por Estado. Defendemos que o importante não é a quantidade de Senadores, Deputados e Vereadores. Mas, a qualidade destes nossos representantes. O Brasil gasta muito com essa imensa máquina legislativa. No mais, ao se estabelecer o número mínimo de 04 Deputados Federais, estaremos diminuindo também, proporcionalmente, o número de Deputados Estaduais e Vereadores. Com essa economia, será possível manter, uma quantia considerável de novos Estados brasileiros. Inclusive, o nosso Estado do Itiquira.


EU: Como está sendo tramitado o projeto?
Reinaldo Bueno:
Temos trabalhado muito para divulgar a criação do Estado do Itiquira e sua necessidade para o desenvolvimento sustentado dos nossos municípios e dos seus munícipes. Apresentamos esse projeto, desde seu inicio, ao Governo Federal, TRE-GO e Congresso Nacional. Apesar do descaso de alguns órgãos, temos insistido na criação do Estado do Itiquira. Estamos agora, com o novo folder elaborado, pronto para ser impresso e, com ele, iniciarmos uma grande campanha para coleta de assinaturas, através de Petição Popular, que será entregue no Congresso Nacional expressando, em Petição Popular, o desejo da maioria dos munícipes da nossa região nordeste de Goiás, de ser criado esse novo Estado.

EU: Quais os próximos passos para que realmente saia do papel a proposta de criar o Estado?
Reinaldo Bueno:
O próximo passo será a coleta de assinaturas, através de uma Petição Popular, daqueles que são favoráveis a criação do Estado do Itiquira e, a posteriori, requer ao Congresso Nacional que seja analisada e aprovada essa propositura, criando-se o novo Estado do Itiquira. A Lei nos faculta essa ação.

EU: Você realmente acredita que o Estado seja criado algum dia?
Reinaldo Bueno:
Não tenho a menor dúvida que o Estado do Itiquira será criado! O Estado do Itiquira ainda será uma realidade para o bem da nossa região nordeste de Goiás e da nossa gente sofrida. E digo mais! Outros tantos Estados serão criados. Está provado que não se desenvolve um país do tamanho do Brasil com tão poucos Estados. Ainda mais na dimensão que são. Basta analisarmos os países mais desenvolvidos, a exemplo do EEUU, que tem pequenos Estados. As ações de governo passam a ser mais rápidas e eficientes. Com Estados menores, as respostas aos problemas são precisas e rápidas!

EU: Deixe maiores informações e comentários.
Reinaldo Bueno:
Primeiramente agradeço o apoio desse importante veículo de comunicação, o “Entorno Urgente” É essencial para vitória dessa luta de criação do Estado do Itiquira, termos apoios e parceiros como esse fabuloso informativo “Entorno Urgente”. Obrigado!

Informo que estamos reestruturando a Coordenação Geral, que é a Comissão responsável pela coordenação e trabalhos de divulgação e alavancagem da proposta de Criação do Estado do Itiquira. No mais, já estamos, também, criando as Comissões “Pró Criação do Estado do Itiquira” nos municípios. Aqueles que desejam participar na coordenação dessas Comissões, favor entrar contato conosco. Estão todos convidados!

Afinal, essa luta é de todos nós! Uma esperança, uma solução! Vamos avançar nesse bom combate! Meus agradecimentos ao jovem guerreiro jornalista Aldimar Nunes Vieira, exemplo de cidadania a todos nós e, principalmente, para nossa juventude goiana! Abraços!

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: