A Câmara Municipal de Formosa realizou na manhã desta quarta-feira (29) uma audiência pública para discutir o bem estar da comunidade circunvizinha de empresas do Parque Lago, São Benedito e Formosinha

A Câmara Municipal de Formosa realizou na manhã desta quarta-feira (29) uma audiência pública para discutir o bem estar da comunidade circunvizinha de empresas do Parque Lago, São Benedito e Formosinha. Participaram do encontro a comunidade do Parque Lago, alunos, professores e servidores do Instituto Federal de Goiás, autoridades políticas além das empresas Fertivitta e Binatural.

Quem fez a mediação da Audiência foi o presidente da Câmara, Jurandir Oliveira. A primeira a participar da rodada de perguntas foi a Fertivitta. A empresa foi questionada principalmente pelos barulhos e cheiro que espalham para as comunidades vizinhas. Após as rodadas de perguntas a empresa e a comunidade resolveram marcar uma outra reunião às 18h, ainda no horário de funcionamento da empresa, no mesmo dia.

A outra empresa a entrar na rodada de perguntas foi a Binatural. A empresa apresentou o processo de produção do biodiesel produzido pela fábrica. As principais reclamações da população para a empresa foi o líquido que sai da fábrica e a fumaça. A empresa se defendeu falando que o fluído é apenas água da chuva, a população retrucou. Inclusive o secretário de Meio Ambiente destacou que em um teste apareceu graxa. Sobre a fumaça a empresa falou que está de acordo com as normas estaduais e é fiscalizada de forma ostensiva pelos órgãos. No final, a empresa disse que um engenheiro ambiental está fazendo um plano para reduzir os impactos sentidos pela comunidade local.

O Poder Executivo foi representado pelo secretário de Administração, Rodrigo Natividade. Participaram vereadores, secretários municipais, Ministério Público, entidades civis, políticas e governamentais, população além de líderes e presidentes de bairros.

Galeria

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: