Moradores pressionam e todos os vereadores presentes rejeitam o Projeto de Lei que aumentaria os subsídios dos vereadores, secretários municipais, prefeito e vice.
Moradores pressionam e todos os vereadores presentes rejeitam o Projeto de Lei que aumentaria os subsídios dos vereadores, secretários municipais, prefeito e vice.

Os moradores de Formosa se reuniram mais uma vez na Câmara nesta quinta-feira, 15, para protestar contra o Projeto de Lei 068/2015 que fixa o subsídio dos vereadores e secretários municipais para R$ 12 mil, vice-prefeito R$ 17 mil e prefeito R$ 25 mil.

A Sessão Ordinária desta quinta-feira, 15, iniciou com a leitura da ata da sessão anterior. No “Tema Livre”, a discussão ficou em torno do Projeto de Lei 068/2015, que aumentaria os subsídios. Alguns vereadores explicaram que o Projeto de Lei foi aprovado na primeira sessão porque lá estava discutindo a constitucionalidade. Outros vereadores utilizaram o Tema Livre para defender as suas indicações ao executivo.

Muitos vereadores se disseram traídos por defensores do Projeto de Lei. Segundo eles, haviam acordado a aprovação e depois foi surpreendido com o voto de reprovação do Projeto pelos idealizadores.

Sob vaias e aplausos os vereadores afirmaram que quem merece o mérito pela reprovação do Projeto de Lei que aumentaria os subsídios era o povo que protestou e participou da tramitação. Alguns vereadores disseram não haver mais motivo para continuar o projeto uma vez que os autores se manifestaram contrários.

Assim que foi encerrada a votação do Projeto de Lei 068/2015 a população se retirou do Plenário e seguiu para fora onde agradeceu a todos que participaram. Enquanto isto no Plenário continuou a discussão dos outros Projetos de Lei.

Redução dos subsídios
Alguns vereadores que votaram a aprovação e a rejeição na primeira fase defendem agora a redução dos subsídios dos vereadores. O Movimento “Redução Já”, que colhe assinaturas para a Ação elogia a iniciativa.

Prefeito era contra aumento
Em entrevista a TV Globo Brasília, o chefe do executivo local, prefeito Itamar Barreto se disse contrário ao aumento dos subsídios. Segundo ele a Prefeitura de Formosa acumula dívidas que alcançam R$ 80 milhões. O prefeito inclusive compartilhou duas reportagens que demonstrava a insatisfação da população. 

Resultado
Didi do Bonito – Não
Miquita – Não
Antônio Faleiro – Não
Domingos Filho - Não
Sd Caetano – Não
Macarrão – Não
Nélio Marques – Não
Jeremias – Não
Gustavo Marques - Não
Jesulindo Castro – Não
Mundim – Ausente
Zequinha – Não
Emílio do Raio X - Não
Wenner Patrick – Não
Prof. Jorge – Não
Santiago Ribeiro – Não
 








Escolha qual rede social e comente:

0 comments: