Era dezembro de 2016, quando a administração do então prefeito Itamar Barreto entregou para a que iria entrar o sistema de georreferenciamento de última geração. O novo sistema disponibilizava o mapa digital da cidade, além de cruzamento de dados com o Ministério da Saúde, Ministério da Educação, IBGE entre outros, informava e demonstrava em tempo real dados


Era dezembro de 2016, quando a administração do então prefeito Itamar Barreto entregou para a que iria entrar o sistema de georreferenciamento de última geração.

A Secretaria de Economia e Finanças da Prefeitura de Formosa, através do secretário Vertinho de Oliveira, apresentou o novo servidor de informática, marca Dell que disponibilizava as imagens aéreas e digitais da cidade de Formosa.

O trabalho de dois anos era inédito. O sistema mostrava onde estavam os imóveis que não pagam IPTU e os que tiveram aumento da área sem o cadastro na prefeitura e cruzava dados das mais diversas entidades.

O novo sistema disponibilizava o mapa digital da cidade, além de cruzamento de dados com o Ministério da Saúde, Ministério da Educação, IBGE entre outros, informando e demonstrando em tempo real as empresas contribuintes de ISSQN, o local de moradia dos estudantes da rede municipal, os locais de maiores focos de doenças, os locais de maiores índices de acidentes entre outras informações úteis.

O secretário Vertinho convidou a equipe de transição, representante da administração que se inicia em janeiro de 2017, para acompanhar a demonstração do novo sistema e dos novos equipamentos que ficarão à disposição da futura gestão de Formosa. o secretário ressaltou como mais uma importante ação do prefeito Itamar Barreto em favor do futuro de Formosa. Podemos dizer que a partir de agora, existe um divisor de águas no sistema de arrecadação municipal, antes do georreferenciamento e após o georreferenciamento, participaram do recebimento dos serviços o secretário de finanças, Vertinho de Oliveira, os representantes da VIAGEO empresa responsável pelo serviços, Farias e Felipe, o representante do prefeito eleito de Formosa, Beto Marques, o gestor de Tecnologia e Informática Alexandre Mrokowski e o engenheiro Roberto.

Na reunião, Vertinho revelou que em 2019 a prefeitura ia triplicar a arrecadação com o novo sistema “A maioria dos municípios no final de mandato, vem sucateado as prefeituras. A atual gestão de Finanças, entrega a futura gestão equipamentos de última geração de informática, carros novos, plano de carreira dos fiscais tributários, garantido assim um aumento na arrecadação de tributos municipais em torno de 80% a mais a cada ano, após 2017, chegando a 2019 com no mínimo o triplo da atual arrecadação atual”, destaca Vertinho.

O sistema, conforme foi entregue para nova gestão da Prefeitura que iniciou em 2017 não está em atuação conforme foi projetado para ser pela gestão anterior. 

Fotos: Entorno Urgente/Arquivo





Escolha qual rede social e comente:

0 comments: