Prefeito Itamar Barreto na Coletiva de Imprensa apresentando informações sobre o PMAT. Foto: Marcos Couto.
O Prefeito Itamar Barreto concedeu a toda imprensa da região, uma coletiva para informar as dívidas do município.

Itamar começou a coletiva revelando que a CAIXA indeferiu a entrada do município ao PMAT, alegando incapacidade de pagamento. Segundo o Prefeito, a entidade financeira impossibilitou o empréstimo por causa de dívidas de R$ 54.469.084,07 de gestões passadas.

Dívidas (sem fornecedores)
R$ 29.000.000,00 junto a CELG
R$ 4.269.000,00 junto ao PASEP
R$ 10.000.000,00 junto a Previdência Municipal
R$ 8.000.000,00 junto ao INSS

O prefeito frisou que a Caixa se ateve apenas ao montante e não as parcelas. Indagou que a Prefeitura está em dia com as suas obrigações.

Em relação a dívida de R$ 29 milhões junto à Celg durante as gestões passadas, demonstrou que enviou uma solicitação para confronto de contas, pois o órgão deve R$ 39 milhões a Prefeitura pelo não repasse do recolhimento da iluminação pública.

Pediu tranquilidade e o apoio da população e revelou que suspenderá patrocínios e vai honrar com as dívidas. Frisou que a Prefeitura se mantem pelo recolhimento de taxas e solicitou aos moradores que procurem a secretaria de finanças para o pagamento de dívidas.

Solução
Como forma de solução reunirá com a vice-presidente da Caixa às 10h e a vice-presidente da Celg às 16h. Conversou com o Senador Gim Argelo e em breve percorrerá os ministérios buscando melhorias para a população formosense.

“É minha solução pagar, cobrar e administrar para que não falte os direitos garantidos na constituição” disse o Prefeito.

O programa
O PMAT promoveria um novo cadastro imobiliário, georreferenciamento, regulação fundiária, compra de computadores e veículos, entre outros. Em 70 cidades que aderiram ao PMAT foi constatado que triplicaram as receitas.

Um dos benefícios mais notáveis é a Transversalidade, onde todos as secretarias se interligam em um único sistema.

O prefeito revelou 
Atualmente a Prefeitura não tem capacidade de fazer pavimentação asfáltica de nem 1m². Hoje Formosa está em 8º lugar em população mas em 18º em arrecadação.

Em reunião junto ao Governador do Distrito Federal solicitou a transferência de um percentual do IPVA do DF, pois vários proprietários de veículos emplacados no DF trafegam para suas fazendas em Formosa.

Itamar concluiu “A administração pública deve sempre ouvir o cidadão”, e garantiu que Formosa será uma das cidades mais confortáveis de se morar, pois será uma cidade de ponta. Além da topografia, a situação geográfica e proximidade junto a capital federal auxilia para o desenvolvimento de Formosa.

O prefeito salientou que a solução está no PMAT, com ele a Prefeitura consegue as melhorias para a cidade em 8 meses, caso contrário será um processo de 2 a 3 anos

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: