G1


Aos 21 anos e com apenas um ano de carreira solo no sertanejo, Gabriel Gava, “dono da Fiorino” já conquistou centenas de fãs no país. Mas o sonho de ser reconhecido vai além. “Quero ser internacional também”, afirma o artista, que ainda não fez apresentações fora do Brasil. Cantor de um dos refrões mais conhecidos atualmente no meio sertanejo, "De Land Rover é fácil, é mole, é lindo. Quero ver jogar a gata no fundo da Fiorino", Gabriel acredita no seu talento e diz que o primeiro passo para a realização profissional já foi dado: o cantor grava seu primeiro DVD no sábado (27), na Atlanta Music Hall, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana.

Natural do interior do Espírito Santo, Gabriel diz que sempre gostou de música e costumava participar de projetos musicais na região: “Foi lá que tudo começou. Participei de projetos de axé e outros mais. Fiz dupla sertaneja, mas sempre quis seguir carreira solo no sertanejo”. Foi então, segundo ele, que um empresário de Goiânia o convidou para iniciar o projeto em Goiás.

Há quase um ano na capital goiana, o cantor conta como surgiu a ideia da música Fiorino. “Eu tinha um amigo lá no Espírito Santo que o pai dele tinha uma Fiorino e ele pegava o carro escondido, mas ninguém queria entrar. A namorada dele não entrava. Eu achava muito engraçada essa história e pensei: ‘Isso dá música’. Então, pedi para o compositor que escrevêssemos uma música a partir disso”, lembra, dando risada.

Com um CD já lançado, Gabriel diz que está ansioso com a gravação do DVD, que não terá participações especiais por uma orientação da gravadora. Segundo ele, a expectativa é de casa lotada no dia da apresentação.
“Estamos com uma mega, hiper, magnífica produção. Coisa internacional mesmo. Iluminação e estrutura como nos shows da Beyoncé”, avalia o cantor, comparando a estrutura de show dele com as apresentações da cantora norte-americana, conhecida como a diva do Pop.

Sonhos
Mesmo feliz com o sucesso alcançado, Gabriel admite que há ainda muitos passos pela frente. “Estou bem, mas meu sonho está apenas começando. Um deles já se realizou que é a gravação do DVD. Quero ser reconhecido também, mas o importante é estar bem”, diz.

De acordo com o cantor, o dinheiro e o luxo são consequências do seu trabalho. “Não fico pensando muito nisso. Isso vem naturalmente. Viso mais o meu futuro e ajudar a minha família também, comprar um apartamento”, enumera Gabriel, que está morando atualmente com o pai em um apartamento recém- comprado e aguarda a chegada da mãe e da irmã, que ainda estão no Espírito Santo.

Para o futuro, no entanto, não descarta a possibilidade de adquirir um jatinho. “Para ajudar no deslocamento, mas não agora”, argumenta o artista, que tem uma BMW e garante que pensa em comprar uma Fiorino. “Ainda vou ter uma Fiorino e não uma Land Rover”, brinca.
Carreira e críticas
Mesmo amante do sertanejo, Gabriel conta que costuma ouvir vários tipos de música: “Gosto de tudo, de funk, soul, rock, até para poder ver o que esses ritmos têm de melhor e pegar como referência”. Com a vida bastante corrida entre shows e viagens, Gabriel está com a agenda cheia até o início de 2013. Apesar de já ter se acostumado com a correria, nos poucos momentos de folga gosta de sair com os amigos, jogar futebol e ficar com a família.

Solteiro, o jovem alega não ter tempo para encarar um relacionamento sério agora. “Tem que ser uma pessoa que entenda muito bem minha profissão, mas, claro que me relaciono às vezes. Meu coração está aberto”, avisa.

Para ele, o carinho das fãs é a recompensa que se tem do trabalho. “Não uso a palavra assédio. Acho que é um carinho mesmo, um retorno. Gosto disso”, afirma Gabriel. Ele revela que muitas vezes recebe presentes diferentes das fãs enquanto canta. “Recebo peças íntimas, calcinhas, sutiãs. Guardo todas. Vou fazer um mural de calcinha”, diverte-se o cantor.

Gabriel disse que não vê sua vida se não fosse na música e não se importa com críticas sobre seu trabalho ou vida pessoal: “Gosto do que faço. Então, as críticas não me atingem, não me abalam. Aliás, acho que são todas construtivas. Ouço para poder melhorar o trabalho. Muitas vezes falam do cabelo, mas não me importo, ouço só aquilo que pode ser bom para mim”, afirma.

Gravação de DVD de Gabriel Gava
Data: Sábado (27/10)
Horário: 22 horas
Local: Atlanta Music Hall
Endereço: Km 10 da BR-153, Aparecida de Goiânia
Informações: (62) 3257 - 7000
Preços: de R$ 30 a R$ 120
Ingressos Online: http://beta.ticplus.com/atlanta

Escolha qual rede social e comente:

0 comments: